Galeria - 5º Macumba Longboard Classic prepara os brasileiros para o PAN Master 2020

Cerca de 70 competidores correram baterias eliminatórias, semifinais e finais em dez categorias


O 5º Macumba Longboard Classic Surf Festival - 5º MLCSF - aconteceu neste fim de semana na praia da Macumba, Rio de Janeiro, com boas condições de mar e clima agradável dentro e fora d’água. Os surfistas encontraram ondas entre 0,5m e 1m e temperatura amena, pois ficou nublado boa parte do tempo, alternando com alguns momentos de sol.

Praia da Macumba. Foto: Fedoca Lima.

Praia da Macumba. Foto: Fedoca Lima.



Cerca de 70 competidores correram baterias eliminatórias, semifinais e finais em dez categorias, sendo sete delas iguais às que estarão nos Jogos Panamericanos Master de 2020. Isso porque o 5º MLCSF foi designado pelo 2º ano consecutivo como “Evento Preparatório” para os Jogos Panamericanos Master, conforme parceria firmada pelos seus organizadores com o Comitê Brasileiro de Esporte Master, o CBEM, que conquistou junto com a Prefeitura do Rio o direito de sediar de forma inédita esse mega evento esportivo na cidade do Rio.

5º MLCSF é hoje o maior evento de Longboard do Rio de Janeiro e com certeza um dos mais importantes do Brasil, pois atrai surfistas de vários estados. Este ano até um estrangeiro competiu, o holandês Miguel Six, que correu na categoria Open, mas não passou da fase inicial da competição.

Entre os vencedores estiveram algumas estrelas do surfe como: Daniel Friedmann, ícone do surf de pranchinha e vencedor da 2ª etapa do WCT no Brasil em 1977, Andre Deca, campeão brasileiro e sul-americano, Vitorino James, bicampeão brasileiro e campeão do Intercâmbio Internacional de Longboard, Marcos Vailat, campeão dos Jogos Mundiais de Policiais e Bombeiros, Marcelo Bibita, bicampeão Brasileiro e “legend” do Longboard.

Daniel Friedmann. Foto: Fedoca Lima.

Daniel Friedmann. Foto: Fedoca Lima.



Cabe o destaque para a participação do casal Dionísio Santos, campeão brasileiro e Mainá Thompson, bicampeã brasileira. Embora eles não tenham vencido, abrilhantaram o evento assim como os irmãos Chico e José Paioli, com 67 e 69 anos respectivamente. Eles são precursores do Surf em SP, pois estavam entre os primeiros a surfar com pranchas de madeira na praia de Itararé, na baixada santista, em 1967.

Mainá Thompson. Foto: Fedoca Lima.

Mainá Thompson. Foto: Fedoca Lima.



As categorias do 5º MLCSF foram Open Masculino, Open Classic, Open Feminino, Master Feminino 35+ e Master Masculino 35-40, 40-45, 45-50, 50—55, 55-59 e 60+.

Os vencedores e suas pontuações foram:

Open Masculino
1º Pedro Ribeiro= 13.60
2º Rodrigo De Souza= 13.17
3º Theo Viana= 8.34
4º Vinicius Nunes= 5.27

Open Feminino
1º Jasmin Avelino= 12.00
2º Maina Thompson= 10.60
3º Cris Pires= 9.90
4º Rayane Amaral= 3.14

Open Classic
1º Franco Bota=16.67
2º Jasmin Avelino=10.40
3º Marcelo Bibita=10.23
4º Theo Viana= 7.53

Feminino 35+
1º Cris Pires= 9.00
2º Fabiana Jaccoud= 8.83
3º Beth Guedes= 6.76
4º Bruna Duarte= 5.80

35-40
1º André Luis “Deca”= 15.17
2º Neno Bulhões= 8.06
3º Dionisio Santos= 7.87
4º José Nascimento= 6.24

40-45
1º Rodrygo Borges= 13.97
2 ºRodrigo Robini= 11.10
3º Marcos Silva= 10.00
4º José Nascimento= 6.47

45-50
1º Marcos Vailati= 15.00
2º Alexandre Putzige= 8.60
3º Fontinelle Roberto= 8.16
4º Robert James= 8.00

50-55
1º Marcelo Bibita= 13.83 2
2º Allan Gandra= 11.16
3º Beto Cacador = 9.20
4º Mauricio Raul= 6.63

55-60
1º Vitorino James= 11.00
2º Zezinho Sepetiba= 8.77
3º Adolfo Jordao=6.00
4º Marco Maia= 2.57

60+
1º Daniel Friedmann= 11.83
2º Chico Paioli= 9.17
3º Murilo Furtado =3.33
4º Fedoca

Os resultados de todas as baterias podem ser vistos no link:
http://www.wavedatasystems.com/live/?2018088e6c98c97e991f721c9501434e5838

A organização do 5º MLCSF foi do Recreio Surf Club em parceria com Ronan Amaral, Djan Madruga e Wil Andrade.

Confira a opinião deles sobre o evento: “Prevaleceu um espírito de irmandade entre as pessoas presentes na praia da Macumba, o clima era de indescritível fraternidade e tecnicamente a competição foi um sucesso graças a grande quantidade e qualidade de ondas que a Macumba ofereceu tanto para o surf clássico, quanto para o progressivo. As ondas rolavam a todo momento e com excelente formação, que permitiram aos competidores mostrar um repertório de manobras espetacular. E embora a previsão do tempo mostrasse a entrada de uma frente fria com chuva e vento sudoeste, isso não aconteceu e fomos agraciados por Deus com dois dias maravilhosos para o nosso evento”.

Os organizadores contaram com a chancela da Prefeitura do Rio, do CBEM e da FESERJ.

O patrocínio foi da CIPA, Mayd e Padrão Color.

A apoio foi da JAH 3D, Na Orla, Fatto a Mano, Fontt Energy, Ativton, Ativplus, Pena, Colégio Saint George, Oceanside Parafinas, Butekão, RioEcoEsporte, Vaspão e Sea Club Shop.

As pranchas oficiais do evento foram: Caçador, Keto/Superglass, Villaça e SEA CLUB, os shapers são Thiago Mariano, First glass, Daniel Friedmann, OGM, Pitasi e AG boards.

As parcerias de Longboard Traffic, Pontal Hostel, Soul Classic, Madeirão de Guaratiba, Bicudo consertos de Pranchas, Recreio Surf house, Xeid Quilhas, Familia Longboard, Misslu, Gmar, Grupo ASP, GuaraSurf, Cesar Guarderia, WGA Engenharia, Academia Djan Madruga, Tandem, Bigmasters, Galera do deck, Ricardo Bonnet, O Encontro Pousada, Beach bum, Oceanico e Associação de Surf do Canto do Recreio.

Mais informações podem ser vistas no Facebook do evento: http://www.facebook.com/mlclassicsf.

Confira a galeria de fotos com cliques de Fedoca Lima, que tem o apoio de Daniel Friedmann Surfboards.

Comentários