Galeria exclusiva: Laje em Ubatuba mostra as caras

Fotógrafo enviou um material bem bacana


É sempre bom visitar o Brasil nesta época do ano, que sei que é recheada de ondulações grandes.Atualmente resido com minha família na Sunshine Coast em Queensland, Austrália onde trabalho como fotógrafo e vídeo de surf e seascapes com impressões fine art das minhas imagens. Ao embarcar com a família rumo ao Brasil e mais especificamente pra região de Ubatuba onde venho desde 1 ano de idade de férias, vi que havia um ciclone na área e pensava do avião: estou perdendo este momento!

Finalmente, consegui ver família e amigos em São Paulo e ir rumo à costa que tinha mais de 10 dias de um grande swell encostando. De lá já entrei em contato com uma galera local, o Everton da Effect, Fabinho Leite, Costinha, entre outros pois meu foco era fotografar a maior onda que rola em Ubatuba.

Mas até que ela rolasse eu com meu instinto australiano que sou, olhei no google maps e fiquei imaginando onde poderia quebrar outras ondas e no dia certo fui ver elá elas estavam, mostrarei em outras postagens no @_seatosee_

Voltando ao dia D, dirigi pra caramba até chegar no pico e ainda tive que andar mais ainda por uma trilha com todos os meus equipamentos. Fiz imagens da pedra, depois foi o drone e por final começou a me dar uma coceira atrás da orelha e decidir ver mais de perto o que estava rolando.

Tiver o prazer de sentir o peso desta onda o que você pode ver nas que estou dentro da água que fiz a primeira foto da série, tive que nadar fundo pra não me arrastar, pois estava muito dentro do pico, lição aprendida kkk

Uma coisa que me chamou a atenção foi ver foi ver as mulheres na água como a Suelen Naraísa, Aline Adisaka.
Outra coisa que me chamou a atenção foi ver os campeões e alguns competidores do Hang Loose Surf Attack na água e muitos surfistas jovens.

Para saber mais sobre as imagens entre em contato com Wil Aguiar da Sea to See enquieyseatosee@gmail.com

Comentários