Macumba, um pico “internacional”

Fedoca Lima fala os motivos


O que define um pico como sendo de categoria internacional? No caso da Macumba como categoria de Longboard?

São algumas características como constância e regularidade de ondas surfáveis o ano todo, de janeiro a dezembro, de 2 a 10 pés, com fácil acesso, temperatura boa, uso de roupa de borracha fina em alguns dias principalmente nos horários extremos, ondas longas para os 2 lados com boas paredes proporcionando boas opções de manobras e segura swell de todas as direções que atingem o litoral carioca.

Maurício. Foto: Fedoca Lima.

Maurício. Foto: Fedoca Lima.



Nem tudo são flores, não esquecer que é um pico urbano favorecendo assim uma certa crowd, principalmente nos fins de semana e feriados, longas remadas de volta ao pico sentidas pelos que estão com preparo físico mais fraco e a falta de canal definido. Esses são os principais pontos negativos.

Respeite para ser respeitado, acidentes acontecem, mas sempre a melhor atitude é tentar evitá-los. Preste atenção nos surfistas que dominam o pico para aprender sobre o posicionamento no mar, e para te estimular nas manobras, esse é o verdadeiro intercâmbio no surf, ver, ver, aprender, tentar fazer parecido, puxar os seus limites e curtir, lembrando da máxima que diz que o melhor surfista é o que se diverte mais.

Nós aqui na redação fizemos uma lista, que certamente está incompleta, dos melhores picos para Longboard no mundo. Pedimos sua colaboração com comentários, fotos e imagens para produzirmos uma grande matéria mostrando você surfando nessas ondas mundo afora.

Envie sua foto surfando num pico de nível internacional para o Longboard para o e-mail jornalismo.ricosurf@globo.com. Informe seu nome, o pico e por que o considera de altas ondas para a modalidade.

Alguns dos melhores picos de Longboard no mundo:

México:  Barra de la Cruz e Salina Cruz nas praias Punta Conejo, Chipeua, Punta Chivo e muitas outras nesta área.

Brasil: Praia Grande (Ubatuba), Itamambuca (Ubatuba), Rosa (Imbituba), Pedra do Meio (Paracuru) e Pipa. Rio de Janeiro: Arpoador, Guaratiba, Barra da Tijuca, Macumba, Itaúna, Posto 6 Copacabana.

El Salvador: Sunzal.

Hawaii: Chuns Reef  (Oahu), Maili Point (Oahu), Waikiki (Oahu) e Makaha (Oahu).

Indonésia: Uluwatu (Bali), Kuta Reef (Bali), Medewi (Bali) e Old Man’s (Bali).

Costa Rica: Boca Barranca e Pavones.

Panamá: Santa Catalina.

Peru: Lobitos, Mancora, Punta Rocas, Cerro Azul, Puerto Viejo, Chicama e Pacasmayo.

Austrália: Noosa Heads, Coolangata e Byron Bay.

África do Sul: Cabo de San Francis.

E aí, quais faltaram? Comente!

Fedoca Lima tem o apoio da Aloha Veículos.


Comentários