Meio Ambiente: Rio que te Quero Verde é um sucesso

Preservação do Planeta foi o mote do evento


Rio Que Te Quero Verde, evento realizado pela Transolímpica, em parceria com o Rico Point Barra e Secretaria Municipal de Meio Ambiente, foi um sucesso. Não só pela bela intenção de lembrar a importância da preservação ambiental em uma data tão significativa como o 5 de junho - Dia Internacional do Meio-ambiente. A ação consistia em fazer o plantio de espécies nativas essenciais.


Criança planta mudas. Foto: Maurício Val/ Prefeitura.

Os responsáveis pelo plantio, agentes da Secretaria do Meio-Ambiente prepararam o terreno, literalmente, para as estrelas do dia: cerca de 50 pessoas, entre crianças, adolescentes e idosas, que se revezaram na bela ação. As crianças vieram de dois colégios: Escola Municipal Silveira Sampaio, em Curicica e da Creche Municipal Sempre Vida Nise da Silveira, na Freguesia, Jacarepaguá.Foram plantadas espécies como: Ipomoea pes-caprae (140), Allagoptera arenaria (20), Quesnelia equesneliana (6) e Alcantharea glaziouana (3).

Para Isabel Loureiro, gestora de sustentabilidade da Via Rio, a Transolímpica tem um papel muito de destaque na integração da cidade.

“A Transolímpica nasce com essa vocação ecológica, passa próxima ao Parque Nacional da Pedra Branca, e aproxima dois pontos da cidade. Ela trouxe facilidade para que as pessoas aproveitem as belezas naturais da cidade”, diz ela lembrando que a empresa está investindo em energias limpas.

“Estamos implantando uma fazenda fotovoltaica ( placas de captação de energia solar ) pela qual conseguiremos suprir 41% de nossa demanda na Transolímpica. Também temos projetos de hortas urbanas em áreas degradadas. Queremos ser uma via de baixo carbono. Para isso, várias ações estão sendo implementadas”, explica.

Importantes parceiros que atuam em diversos setores estiveram presentes, ratificando seu apoio à ações nessa direção. Entre os apoiadores, a Guaraviton, representada por sua diretora de marketing, Lucia Ribas, que destacou a preocupação da empresa com o destino de suas embalagens:

“A Guaraviton sempre teve a preocupação com o descarte de nossa embalagens, que são recicláveis. Um evento de conscientização ambiental como esse é muito importante. Temos certeza de que pequenos atos geram grandes mudanças”, afirmou.

Ana Gabriela Oliveira do Carmo, Engenheira Florestal e Gestora da área de proteção ambiental da Orla Marítima, falou sobre a importância de a sociedade se unir pela causa.

“O Meio ambiente é um bem coletivo. As parcerias são essenciais. Todos usam as praias e precisamos unir forças. Essa ação representa esse conceito de união em prol do meio-ambiente”, avalia ela que explica de que forma a vegetação nativa atua.

“A vegetação protetora de restinga existente na orla marítima possui a função de fixar areias e dunas, reduzindo o progresso da erosão das nossas praias. Trata-se de um componente ambiental essencial para manter a regeneração das espécies de flora e o retorno e sobrevivência das espécies de fauna que habitam ou visitam essas áreas. Tais áreas são consideradas áreas de preservação permanente por força do código florestal vigente, sendo necessário adotar práticas conservacionistas de modo a manter ou melhorar a integridade da vegetação”.

A tetracampeã brasileira de surfe profissional, Andrea Lopes, também compareceu ao evento e deu seu recado:

“A gente vive pela natureza e para a natureza. A gente defende, e respira natureza e por isso estou aqui apoiando a causa”, afirmou Andrea.

Para Rico de Souza, responsável com Abílio Fernandes pelo início da revitalização da vegetação nativa na orla,

“Estou muito feliz hoje, comemorando o Dia Mundial do Meio Ambiente, como uma ação tão bonita aqui no Rico Point. Sempre acreditei que através das crianças queremos um país melhor. E hoje foi um exemplo disso. Vamos continuar fazendo ações que fomentem a preservação do nosso Planeta”, disse Rico, que é um dos embaixadores da Trata Brasil OSCIP que lida com questões relacionadas ao Saneamento Básico. Representando a entidade Gabriela Oliveira:

“Esse tipo de evento é muito importante porque além de trazer as crianças de comunidades para uma realidade diferente, amplia e introduz a importância da preservação dos recurso naturais para as novas gerações”, conclui.

Agradecimentos: Grupo Trata Brasil, Grupo Viton, La Fruteria, Café Teichner, Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro.

Comentários