QS Pipe 2019 - Brasileiros fora; Sebastian é 10

Yago e Jerônimo perderam na terceira fase e havaiano fez bonito em Backdoor


O QS Pipe 2019 não tem mais brasileiros. Apenas cinco competiram e nenhum passou das estreias. Nesta segunda-feira, terceiro dia do evento de nível 3000 do circuito da divisão de acesso à elite do surf mundial, Yago Dora e Jerônimo Vargas não encontraram boas ondas num mar meio bagunçado em Pipe e foram eliminados na terceira fase. Lucas Silveira também estava inscrito, mas não pode participar devido a uma contusão no ombro, sofrida durante uma sessão em Pipeline.



Quem mandou bem nas ondas de 1,5m com séries ocasionais de mais de 2m foi Sebastian Zietz. O havaiano pegou uma das grandes do dia e ficou profundo em Backdoor, conseguindo uma nota 10, não unânime, já que um dos cinco juízes deu 9,70 pontos. Essa não foi a primeira vez que Sebastian marcou uma nota máxima em Backdoor. Em 2013 o havaiano pegou um barrel ainda melhor do que o de ontem e garantiu a nota perfeita durante o Pipe Masters.

Outros surfistas que fizeram bonito no dia foram o havaiano Billy Kemper, que marcou 9,80 em sua melhor apresentação, e o australiano Jack Robinson, autor de 9,43.

Billy Kemper. Foto: WSL / Heff.

Billy Kemper. Foto: WSL / Heff.



Próxima chamada

A próxima chamada para o QS Pipe 2019 acontece nesta terça-feira às 8h no Hawaii, 16h no horário de Brasília.

Veja as disputas AO VIVO.

Comentários