QS Pipe 2019 - Surfista de Barbados rouba a cena

Josh Burke chegou perto da nota 10 e foi o melhor do dia


O domingo, segundo dia do QS Pipe 2019, teve ondas melhores e maiores que as do sábado, mas as condições ainda estavam difíceis na bancada de Pipeline, na ilha de Oahu, Hawaii. O Brasil teve mais um surfista eliminado nas ondas de 6 a 8 pés e quem roubou a cena foi Josh Burke, atleta de Barbados que surfou um tubo pesado após um drop na ponta dos dedos para Backdoor e arrancou 9,07 pontos dos juízes.

Josh Burke. Fotos: WSL / Heff.

Josh Burke. Fotos: WSL / Heff.



Mas o dia começou fraco, tanto que nas primeiras baterias, as que finalizaram a segunda fase, tiveram notas baixas. O havaiano Kai Lenny, por exemplo, somou apenas 2,27 pontos em suas duas melhores ondas e saiu do evento. Melhor para o uruguaio Tomas Lopez Moreno, único no confronto que conseguiu uma nota acima de 2 pontos (4,17) e avançou na primeira posição.

CONFIRA O VÍDEO COM OS MELHORES MOMENTOS

Porém na terceira fase as notas melhores começaram a aparecer e o havaiano Makuakai Rothman, assim como Josh, surfou um bom barrel para direita. A nota foi 8,50 e ele avançou para a quarta fase.

Makuakai Rothman. Fotos: WSL / Keoki.

Makuakai Rothman. Fotos: WSL / Keoki.



Wiggolly Dantas, que já foi vice nesse evento, não deu sorte em sua bateria e acabou eliminado. Ele foi o terceiro brasileiro a competir na prova e o terceiro que perdeu. Antes, no round 2, Herbert Moreno e Vitor Ferreira já tinham se despedido da competição.

Restam três baterias para o fim da terceira fase, e na quarta teremos a estreia de três brasileiros: Yago Dora, Jerônimo Vargas e Lucas Silveira.

Próxima chamada

A próxima chamada para o QS Pipe 2019 acontece nesta segunda-feira às 8h no Hawaii, 16h no horário de Brasília.

Veja as disputas AO VIVO.

Comentários