CT Feminino Maui - Silvana na quarta fase e Sally fora da briga pelo título da WSL

Líder do ranking perde no round 2 e se despede da briga pelo caneco de melhor do mundo


Começou na ilha de Maui, no Hawaii, a etapa que vai definir a campeã da temporada da WSL. Em direitas com excelente qualidade de até 1,5m, a única brasileira na elite do surf mundial, Silvana Lima, começou muito bem, e com tubos e fortes manobras venceu na primeira fase. A convidada da etapa, a havaina Brisa Hennessy ficou em segundo e a australiana Sally Fitzgibbons, que chegou em Maui na liderança do ranking, ficou em último ao surfar apenas duas ondas que valeram 1,27 e 0,83.

Silvana Lima. Foto: WSL / Kelly Cestari.

Silvana Lima. Foto: WSL / Kelly Cestari.



Enquanto Silvana foi direto para o round 3, Brisa e Sally voltaram a se enfrentar na primeira rodada eliminatória do evento. O havaiana começou forte com 8,50 pontos e depois aumentou seu somatório com 3,33. Já a australiana pegou apenas uma onda, que valeu 6,67, e foi eliminada.

Pior para Sally que na terceira fase sua concorrente direta ao título mundial, a também aussie Tyler Wright venceu, se classificou para as quartas de final e tirou qualquer chance de Sally ser a campeã do tour deste ano. Um balde de água fria para a australiana que já foi três vezes vice-campeã mundial.

Sally Fitzgibbons. Foto: WSL / Damien Poullenot.

Sally Fitzgibbons. Foto: WSL / Damien Poullenot.



Na bateria da terceira fase Silvana começou bem, mas uma onda da série surgiu no outside e a brasileira não conseguiu chegar nela. Tyler aproveitou, surfou um tubo profundo, arrancou a maior nota do evento até agora (9,87) e venceu. Agora Silvana vai competir no quarto round contra a norte-americana Lakey Peterson.

Próxima chamada

A próxima chamada para o evento acontece nesta quinta-feira às 16h no horário de Brasília.

Assista AO VIVO.

Comentários