Oi Rio Pro 2019: Tainá Hinckel avança para o round das 16 melhores

Brasileira representou e agora enfrenta Carissa Moore, do Havaí


 

Tainá Hinckel - Foto: WSL

A expectativa por ondas grandes, tubos na Barrinha, entre outras que com certeza fazem sentido em Saquarema, não se confirmaram. A sexta feira, 21 de junho, começou em ondas bem ruins, com cerca de meio metro séries maiores, mexidas pelo forte vento sudoeste. Esse foi o cardápio servido às meninas que disputaram o temido “elimination round”.

CONFIRA AO VIVO: http://bit.ly/2RrWoHl 

Para o Brasil a notícia não poderia ser melhor, com a nossa representante, a jovem catarinense Tainá Hinckel, de apenas 16 anos, representou e avançou em primeiro surrando contra as experientes australianas Sally Fitzgibbons e Nikki Van Dijk.

Tainá mostrou que seu back side, apurado nas esquerdas da Guarda do Embaú, é sua principal arma. Hinkcel não só venceu a bateria, mas emplacou a melhor nota: 6,0 pontos, arrancados através de ótimas manobras surrando de costas para a onda. Rasgada forte, batida finalizando! A brazuca marcou 11,10 pontos contra 11,0 de Sally e 10,53 de Van Dijk.

Na sequência foi a vez vez da francesa Johanne Defay ( 12,40) das as cartas, deixando a havaiana Malia Manuel ( 10,57) em segundo e a costa-riquenha Brisa Hennessy ( 7,16) em terceiro.

O Oi Rio Pro segue com o elimination round masculino. No round das 16 no feminino, a brasileira Tainá Hinckel enfrenta a havaiana Carissa Moore. Tainá não conseguiu esconder a alegria em competir contra suas surfistas preferidas.

“Estou muito feliz mesmo. Essas meninas são minha inspiração. Já assisti a vários filmes com elas e hoje estou aqui competindo contra elas”, disse a catarinense em um ótimo inglês.

NR: Ontem informamos que Matheus Herdy iria competir no elimination round masculino. Porém o brasileiro preferiu não forçar o tornozelo e foi substituído pelo capixaba Krystian Kymerson, segundo colocado nas triagens.

Comentários