Rally nos Lençóis Maranhenses: atletas estão prontos para velejar de kitesurf por 65 km

Neste sábado (16), 40 competidores encaram torneio radical em meio a uma das paisagens mais incríveis do Brasil


Um dos eventos mais radicais e belos de kitesurf do mundo está de volta aos Lençóis Maranhenses. Neste sábado (16), as dunas e águas cristalinas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses receberão 40 atletas para a segunda edição do Red Bull Rally dos Ventos. Com largada prevista para as 10h (horário local), o percurso terá 65 km até a linha de chegada – cerca de 50 km a mais do que na primeira edição do evento.

Bruna Kajiya, bicampeã mundial de kitesurf, treina para a disputa do Red Bull Rally dos Ventos. Foto: Fabio Piva/Red Bull Content Pool.

Bruna Kajiya, bicampeã mundial de kitesurf, treina para a disputa do Red Bull Rally dos Ventos. Foto: Fabio Piva/Red Bull Content Pool.



Em formato de rally, a prova tem uma regra bastante simples: ganha quem chegar primeiro. No entanto, bons desafios aparecerão no caminho, principalmente porque os atletas estão acostumados a velejar somente na água, mas, nos Lençóis, precisarão também encarar longos trechos de areia – seja com a prancha no pé ou não. Cada um terá que traçar sua própria estratégia para unir velocidade e habilidade para cruzar a linha de chegada o mais rápido possível.

No total, serão 10 mulheres e 30 homens, que terão que atravessar um percurso de 65 km. Entre eles, estão grandes nomes da modalidade, como os campeões mundiais Carlos Mário "Bebê" e Bruna Kajiya; e Alex Neto, vencedor do Red Bull Rally dos Ventos 2014. Eles percorrerão um trecho por praia, saindo da região de Atins, e completarão a prova dentro do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses até chegarem na região de Santo Amaro.  

"É incrível poder velejar nos Lençóis. Participei da primeira edição e posso dizer que é um evento único, então estou super empolgada para curtir isso tudo mais uma vez", afirmou a paulista Bruna Kajiya, atual campeã mundial de kitesurf.

"É uma competição bastante diferente do que qualquer outra do esporte. Todos estão bastante ansiosos, inclusive eu. Quero chegar muito concentrado para poder defender o título", disse o cearense Alex Neto, que venceu a primeira edição do evento, em 2014.

Além deles, outros 37 atletas de norte ao sul do Brasil, cheios de história e ansiosos para competir já estão preparados para o evento. Há quem já tenha feito uma expedição de kite nas geleiras da Islândia; estudante de Direito que abriu mão da faculdade para se dedicar ao esporte; atleta da Espanha que, de passagem pelo Brasil, se apaixonou pelo kitesurf e pelo País e por aqui ficou; entre outros.

O Red Bull Rally dos Ventos acontece no dia 16 de setembro no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e região, e conta com o apoio do ICMBio.

Comentários