Livro - Suor, lágrimas e o mar: Na luta pela preservação ambiental dos corais na Indonésia

Livro conta a aventura da Bióloga Marinha, Adriana Amaral, pela Indonésia e sua luta para salvar os corais da extinção


Capa do livro.

Capa do livro.

"Suor, lágrimas e o mar: Na luta pela preservação ambiental dos corais na Indonésia" conta a aventura da  Bióloga Marinha,  Adriana Amaral, pela Indonésia e sua luta para salvar os corais da extinção. Decidiu ir para Indonésia, pelo país concentrar 1/3 dos corais do mundo e ser conhecido como: o coração dos corais.

Adriana partiu rumo as Mentawais, que são um grupo de 70 ilhas do Oceano Índico, acreditando que seria o melhor mergulho de sua vida. Para sua surpresa, ao chegar, depois de quase naufragar com o barco de madeira, no meio da tempestade, encontrou um cenário catastrófico, onde os corais estavam sendo devastados por motivo da pesca com dinamite e também da poluição.

COMPRE O LIVRO AQUI

O que seria uma viagem de descanso, se transformou em uma missão, quase impossível, para reverter aquela situação, enfrentando muitos perigos, viajando sozinha para os lugares mais remotos e perigosos. Usou sua fé como arma, e sua determinação para sensibilizar e conscientizar as  autoridades e nativos.

Adriana retornou ao Brasil e conseguiu todo o apoio dos melhores resorts da região, como o Kanduii Vilas e o Uma Awera Lagde, entre outros como o Bunaken Resort. Empresas e empresários Paulo Bottaro de Mello também contribuíram para a realização desse trabalho.

Ela voltou novamente para Indonésia e teve que viajar para quase todas as regiões, além das Mentawais para mergulhar e fazer a comparação da saúde dos corais em relação aos encontrados nas Mentawais e poder constatar um problema de branqueamento RTN acelerado em longa escala, o que seria preciso um trabalho de ação imediata.

Por intermédio do plano de manejo marinho feito por ela, foi criada uma taxa de preservação ambiental para as Mentawais, com ajuda do governo e da secretaria de Turismo Dety, e a pesca com dinamite foi proibida, e a fiscalização passou a ser mais efetiva, com postos de observação em uma das ilhas, chefiada pelo funcionário do governo e artesão Harkman

COMPRE O LIVRO AQUI

Biografia da autora

Adriana Amaral, é Bióloga Marinha, Dive Master, fotógrafa e velejadora.

Especializada em Gestão ambiental, nas áreas: elaboração e gerenciamento de Projetos ambientais, conservação e manejo de animais silvestres e marinhos, monitoramento de impactos ambientais e organização em rede.

Luta pela preservação dos corais, e oceanos, mergulhando, monitorando, realizando palestras, no Brasil e no mundo.

Responsável por um trabalho pioneiro na Indonésia, onde monitorou os corais em todas as regiões, para elaboração do plano de manejo marinhos das ilhas Mentawais.

Através desse trabalho, com ajuda do governo local, a pesca com dinamite foi proibida e foi criada uma taxa de preservação ambiental para a região.

Comentários