Ondas Grandes - Maya no livro dos recordes

Carioca surfou uma onda de 68 pés em Nazaré


A carioca Maya Gabeira entrou para o livro dos recordes. Nesta segunda-feira a World Surf League anunciou que ela conquistou o prêmio XXL Biggest Wave e que ela entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes. O feito que rendeu esses títulos aconteceu no dia 18 de janeiro deste ano em Nazaré, pico de ondas gigantes localizado em Portugal. Na ocasião ela surfou uma onda de 68 pés.

Maya Gabeira. Foto: WSL / Mestre.

Maya Gabeira. Foto: WSL / Mestre.



"Sempre tive o sonho de conquistar um recorde mundial", disse Maya. "Mas, claro, após o meu acidente em 2013 em Nazaré, fiquei com a sensação que esse sonho tinha ficado distante. Estar no Guinness Book é muito especial”.

O incrível feito de Maya não veio sem desafios. Em 2013 ela passou um perrengue sinistro na mesma onda de Nazaré, mas a sua determinação inabalável trouxe-a de volta à onda monstruosa e perigosa para não só surfar novamente, mas para dessa vez conquistar o recorde mundial feminino.

“Tem sido uma jornada e tanto, mas posso dizer honestamente que em 2013, quando cheguei a Nazaré, minha vida mudou”, continuou Maya. "Claro, houve um acidente e ferimentos, mas também vim morar em Portugal para ficar mais perto da onda de Nazaré. Dediquei-me muito e tive anos para focar em melhorias e na segurança”.

Maya Gabeira na bomba de 68 pés surfada em Nazaré. Foto: Bruno Aleixo.

Maya Gabeira na bomba de 68 pés surfada em Nazaré. Foto: Bruno Aleixo.



A conquista foi anunciada em uma cerimônia especial no terreno do famoso farol que vigia as ondas de Nazaré. Um árbitro oficial da Guinness World Records apresentou a Maya um certificado declarando que ela é a recordista atual da maior onda surfada em todos os tempos por uma mulher.

Geralmente a WSL anuncia os títulos dos melhores do ano nas ondas grandes no mês de abril, mas dessa vez houve uma mudança por motivo do título especial.

Comentários