http://ricosurf.com.br/themes/ricosurf/

Brasileiros de SUP Race 2016 - CBSUP coroa os campeões nacionais

Autor: Administrador
Data da publicação: 29/11/2016 - 00:00h
A etapa recebeu os melhores remadores do Brasil. Foto: Fabio Mota / CBSUP.

Corumbá (MS) recebeu no último sábado (26) os melhores remadores de stand up paddle do Brasil para as disputas da última etapa do Circuito Brasileiro de SUP Race 2016 organizado pela Confederação Brasileira de SUP – CBSUP.

Conhecida por ser a etapa mais desafiadora o Pantanal Extremo, mais uma vez, levou os competidores ao limite de suas capacidades físicas e mentais para superar o desafio de remar por 35 quilômetros em meio à exuberância selvagem do pantanal sul-mato-grossense sob altas temperaturas.

A prova teve início às 4 horas da manhã com o embarque dos atletas no navio da Marinha do Brasil para subir o Rio Paraguai, fazendo o percurso inverso da prova, e após cerca de quatro horas de viagem, chegar à largada.

Neste ano os atletas profissionais tiveram um desafio extra: subir o rio a remo por mais 2,5 quilômetros e só depois descer de volta até Corumbá.

A novidade deixou a prova ainda mais técnica. Melhor para Guilherme dos Reis, Luiz Carlos Guida “Animal”, Paulo Reis e Arthur Santacreu, que desde os primeiros metros abriram boa vantagem sobre os demais competidores formando um pelotão de elite. Os quatro foram ao longo do percurso alternando a liderança até praticamente os metros finais, quando Guilherme e “Animal” abriram distância e lutaram, remo a remo, pela primeira colocação.

A vitória, no entanto, ficou com Guilherme dos Reis, que por um descuido de Guida, que errou o contorno da boia de chegada, conseguiu abrir vantagem e cruzar a linha de chegada em primeiro: “As condições estavam bem melhores que nos outros anos. Estava mais nublado, menos sol. Foi uma prova muito disputada, larguei bem, larguei na frente e consegui abrir um pouco, mas o animal conseguiu chegar na minha esteira e revezamos durante quase toda a prova, eu animal, o Arthur Santacreu e o Paulo Reis. Aqui no final, num ritmo muito, muito forte,  ele errou e isso fez com eu chegasse em primeiro”, contou Guilherme.

Foto: Fabio Mota / CBSUP.

Foto: Fabio Mota / CBSUP.



“Foi uma prova muito difícil e estou muito feliz de ter ganho. Acabei de voltar de uma competição internacional, onde fiquei em sexto lugar e voltei muito cansado do fuso horário, mas valeu a pena. Essa é uma das provas mais desafiadores que tem aqui no Brasil, talvez até no Mundo. É um sonho chegar aqui, ver essa paisagem linda, os animais na água, os jacarés. É um prazer vir pra cá competir”, completou o novo campeão brasileiro de SUP race.

Bicampeão da prova, Luiz Guida lamentou a falha na reta final, mas ressaltou o prazer de competir novamente no Pantanal Extremo. “Esse ano estava mais gostoso, tinha menos calor. A gente fez uma boa prova e já na largada conseguimos abrir quatro pessoas ali e fomos liderando de ponta a ponta, revezando na frente. Foi bem legal e no fim eu consegui fazer uma estratégia para chegar em primeiro, mas acabei bobeando e não vi direito a chegada, achei que era na boia, e me prejudiquei”, explicou.

“São quatro anos competindo aqui e infelizmente não levei essa. Fiquei triste pra caramba, mas enquanto houver Pantanal Extremo estarei aqui. Esse ano foi legal essa subida, eu particularmente gostei. Esse trecho foi difícil, aquela boia lá em cima dificultou bastante a prova, teve um monte de gente que acabou se enroscando nela e com isso a gente conseguiu abrir lá na frente. Achei bem legal ter mudado o percurso para ficar mais extremo ainda”, encerrou o segundo colocado. O terceiro foi Paulo Reis, pai de Guilherme.

Entre as mulheres, o título ficou com Lena Guimarães. “Foi duro, foi muito duro mesmo, porque eu larguei muito mal. Fiz a opção por uma prancha bem estreita porque aqui é liso, mas a largada estava igual mar. Nisso eu fui muito mal, fiquei em quarto ou quinto. Fiz uma prova de ir buscar e cheguei aqui no meu limite. Estou muito feliz, muito feliz mesmo”, disse a atleta ao cruzar a linha de chegada após 4 horas remando.

Foto: Fabio Mota / CBSUP.

Foto: Fabio Mota / CBSUP.



Tricampeã da prova, Babi Brazil acabou chegando na sétima colocação. E Lena não poupou elogios à adversária. “Uma atleta do nível da Babi sempre vai ser campeã. Ela foi inspiração não só pra mim, mas para todas as mulheres que vieram, mas esporte é assim. Tem outras atletas mais novas vindo ai e a tendência é elas ganharem da gente. Esporte é isso. Mas a Babi nunca vai perder a majestade não. Ela é uma inspiração e muito do que eu remo hoje devo a ela”. Com o título do Pantanal Extremo, Lena Guimarães termina o ano como campeã do Circuito Nacional.

“Essa é uma prova muito boa. No primeiro ano fiquei em terceiro, no segundo em segundo e agora fiquei em primeiro e consegui ser campeã brasileira. Não poderia ser melhor. O clima hoje estava bem mais ameno, mas mesmo assim não deixou de fazer calor não. Foi realmente uma prova de superação”, finalizou. Aline Adisaka, em segundo, e Ariani Theophilo, terceira, completaram o pódio feminino.

Além das categorias profissionais, mais 13 Campeões Brasileiros foram consagrados em Corumbá. Com isso, apesar da crise econômica enfrentada pelo país, a Confederação Brasileira de SUP, com muito trabalho, conseguiu realizar mais um bem sucedido ano de circuito nacional, contribuindo para o fortalecimento e profissionalização do stand up paddle no Brasil.

Foto: Fabio Mota / CBSUP.

Foto: Fabio Mota / CBSUP.


Veja quem são os campeões brasileiros de SUP Race em 2016:

SUP Race Profissional Masculino
 
Campeão: Guilherme dos Reis (SP)
 
Vice-campeão: Luiz Guida “Animal” (SP)
 
SUP Race Profissional Feminino
 
Campeã: Lena Guimarães Ribeiro (RJ)
 
Vice-campeã: Aline Adisaka (SP)
 
SUP Race Profissional Master
 
Campeão: Bruno Pitanga (BA)
 
Vice-campeão: André Paiva (SP)
 
SUP Race Profissional Super Master
 
Campeão: Luiz Claudio Graglia (SP)
 
Vice-campeão: Ivan Mundim (RJ)
 
SUP Race 14 Pés Masculino
 
Campeão: Itamar Do Carmo (RJ)
 
Vice-campeão: Eduardo Braz Carrard (RS)
 
SUP Race Amador Masculino
 
Campeão: Guilherme Cunha (SP)
 
Vice-campeão: Robson Santos Sapucaia (BA)
 
SUP Race Amador Feminino
 
Campeã: Iasmim Moraes Nogueira Silva (SP)
 
Vice-campeã: Talita Silva (SP)
 
Fun Race Masculino
 
Campeão: Israel Schuster (SE)
 
Vice-campeão: Lucas Freitas (RJ)
 
Fun Race Feminino
 
Campeã: Patricia Mesquita (RJ)
 
Vice-Campeã: Danielle Gregory (RJ)
 
SUP Junior Masculino
 
Campeão: Guilherme Cunha (SP)
 
Vice-campeão: Guilherme Thawire (SP)
 
SUP Junior Feminino
 
Campeã: Madu Lula (SP)
 
Vice-campeã: Iasmim Moraes (SP)
 
SUP Kids Masculino
 
Campeão: Tiago Leite Froes Da Motta (BA)
 
Vice-campeão: Dahvi Muggler (DF)
 
SUP Kids Feminino
 
Campeã: Rafaele Goncalves (SC)
 
Vice-campeã: Juliana Souza (BA)
 
Veja o ranking completo no site da Confederação Brasileira de SUP (CBSUP).

Por Pulso Assessoria  
 





  • Notícias relacionadas

  •  

Outras notícias de Stand Up







Carregando dados...

mail

Cadastre seu email e receba conteúdos exclusivos, promoções e novidades do portal .com



© 2017. Todos os direitos reservados
  • Acompanhe o Ricosurf