Stand Up Paddle - Leco Salazar preparado para o mundial de SUP

Santista embarcou neste domingo rumo a Nova Iorque, palco da etapa inaugural do circuito mundial da modalidade, o NY SUP Open, evento organizado pela APP World Tour válido pelo circuito mundial de Sta


Leco Salazar. Foto: divulgação.

Leco Salazar. Foto: divulgação.

O santista Leco Salazar embarcou neste domingo rumo a Nova Iorque, aonde disputa na próxima semana a primeira etapa do circuito mundial de stand up paddle.

De passagem pela praia do Tombo, no Guarujá, no último sábado (15/09) para prestigiar o Surf Trip SP Contest, evento de seu patrocinadores (a marca HD e a rede de lojas Surf Trip), Leco conversou sobre a disputa do título mundial.

Campeão em 2012, vice em 2011 e terceiro em 2013, ele é o surfista mais experiente do Brasil na disputa, e embarca para a prova com status de capitão do time.

“Estou ansioso, pois é uma onda diferente, além da sensação inusitada de competir numa metrópole como Nova Iorque”, comenta ele, que também é bicampeão brasileiro e atual líder do circuito nacional.

“Tenho treinado todos os dias e vou sem pressão, apesar de ser considerado a referência do time. Sei que estes dias tem onda lá por conta do furacão, vamos ver como vai ser”, diz ele que encontrará seu irmão Matheus na Big Apple.

Para Salazar, o segundo semestre promete já que em dezembro disputará também a etapa do mundial ISA Games na China. “Esse também é um campeonato muito importante do cenário mundial. Além dele, tenho uma etapa do mundial também em dezembro nas Ilhas Canárias, e pra finalizar a temporada em Sunset, no Hawaii, no início do ano que vem”, destaca o surfista.

Filho do ícone do esporte, Picuruta Salazar, maior campeão brasileiro da história, Leco começou a surfar incentivado pelo pai. “Pegava onda de pranchinha, mas aí meu pai e o Vitor Marçal trouxeram o stand up para o Brasil e eu logo de cara me identifiquei. Venci o primeiro campeonato que participei em 2009 no Brasil e no ano seguinte faturei uma etapa do mundial”, descreve.

Além dos treinos e do foco em competição, recentemente o atleta participou das filmagens do documentário que retrata a vida de Picuruta. “Este ano gravamos no Hawaii, com meu irmão, meu pai e o meu tio Almir.

Comentários