Guilherme Villas Boas faz a mala na Indonésia

O surfista de Ubatuba, de 17 anos, passou um mês de sonho no paraíso da maioria dos surfistas deste planeta: a Indonésia


A Indonésia foi o destino do surfista de Ubatuba, Guilherme Villas Boas, que passou um mês por lá e pegou altas ondas. Pela segunda vez, o atleta teve a oportunidade de surfar os picos mais conhecidos do planeta como Uluwatu, Bingin e Padang Padang.  E desta vez, alguns secrets, que Gui não abre nem por reza brava.

Guilherme Villas Boas. Foto: arquivo pessoal.

Guilherme Villas Boas. Foto: arquivo pessoal.



"Esta segunda viagem foi incrível. Desta vez tivemos a oportunidade de conhecer e ter acesso a picos que na primeira oportunidade não visitamos", conta Gui.

Guilherme agora se prepara para fazer sua estreia no QS, já que está de malas prontas para embarcar para a etapa que rola em San Bartolo, no Peru, nos dias 13 a 15 de julho.

"Estou muito feliz em fazer minha estreia no QS. Vai ser uma experiência incrível, um grande aprendizado", diz Guilherme.

Guilherme Villas Boas em Bingin, um dos picos favoritos dele. Foto: arquivo pessoal.

Guilherme Villas Boas em Bingin, um dos picos favoritos dele. Foto: arquivo pessoal.

 

Guilherme Villas Boas em Bingin, um dos picos favoritos dele. Foto: arquivo pessoal.

Guilherme Villas Boas em Bingin, um dos picos favoritos dele. Foto: arquivo pessoal.

Comentários