Adeus Marcio Couto (Colt), uma lenda do Bodysurf

Confira a homenagem do bodysurfer e amigo Jc.Rodrigues ao surfista que nos deixou na última sexta-feira


Marcio Couto ou Marcio Colt  sempre estava sorrindo no mar. Tive a oportunidade de surfar com ele por mais de 15 anos e nunca vi ele triste dentro d'água.

Em praticamente em todos os swell ele estava no Posto 5 (Copacabana), mesmo em condições horríveis lá estava ele, até mesmo sozinho. Marcio tinha um carinho com todos no P5, Kilhas, BodyBoarders,  BodySurfers etc, quem surfou no P5 certamente conversou com ele.

Jc. Rodrigues e Marcio Couto no Posto 5 de Copacabana. Foto: P5copa.

Jc. Rodrigues e Marcio Couto no Posto 5 de Copacabana. Foto: P5copa.



Marcio muitas das vezes se jogava nas bombas sem pé de pato, com sorriso no rosto e gritando: “É o Peitoooooo!”. A cada swell que chegava, a perguntada dele para todos era praticamente a mesma: “Será que vai vir o Sorriso? (onda de outside de Copacabana)”. Essa onda era como um presente de Deus para ele.

Marcio estava sempre presente em todos encontrões e campeonatos da galera do Bodysurf. Gostava de fazer ao vivo nas redes sociais informando as condições do mar no Posto 5. Ele ficava encantado!

Com diagnóstico de um coração frágil, Marcio não podia se esforçar muito, mas como tirar Marcio Colt  (como gostava de ser chamado) do mar? E foi assim, no final de tarde da última sexta-feira no Posto 5,  logo depois de se despedir do amigo de caída  Rodrigo Soares, ele dropou a saideira e seu coração parou. Foi um adeus ao seu quintal preferido.

Marcio Couto. Foto: reprodução Facebook.

Marcio Couto. Foto: reprodução Facebook.



Marcio Couto é o significado do  Surfe de Peito / BodySurf. Surfou durante décadas sem nada em troca, simplesmente pelo amor ao esporte. Certo dia Marcio me falou a seguinte frase: “No BodySurf não existe aposentadoria! Bodysurf é eterno!”.

Marcio Couto, a lenda.

Aloha!

Jc.Rodrigues (Julio Cesar Rodrigues) Obrigado em nome da Família BodySurf

Comentários