Ataque de tubarão branco interdita icônico pico da Califórnia

Famoso local que já recebeu o CT, em 2012, Steamer Lane fica fechado por quatro dias após ataque de grande tubarão branco


Mais um ataque de tubarão é registrado na Califórnia neste ano. Dessa vez, o incidente aconteceu no famoso pico de Steamer Lane, em Santa Cruz, região central da Califórnia, nesta última terça-feira.


Steamer Lane já foi palco de etapa do CT, em 2012. Foto: GrindTV

Um kayaker remava próximo a rede de algas mais para o outside do pico, quando sentiu uma pancada forte em seu kayak.

Ao olhar para baixo, Steve Lawson percebeu a marca da mordida em sua embarcação e viu que um grande tubarão branco rondava ao seu redor.

O tubarão então fez nova investida e derrubou Lawson na água, que ficou à deriva por alguns minutos.

Mas, para alívio e sorte do Sr. Lawson, o tubarão não voltou e ele conseguiu pedir ajuda através de seu rádio dentro da pequena embarcação.


Steve Lawson mostrando a marca dos dentes do tubarão. Foto: KSBW / Phil Gomez

"Eu passei algum tempo nadando ao redor. Entrei em pânico. Todo mundo entra em pânico. Tinha um tubarão na água. Mas ele não voltou mais. Ele não estava interessado em mim. Tenho certeza de que foi um grande equívoco por parte do tubarão.", disse o aliviado Lawson.

No momento do incidente, as ondas estavam muito boas e o pico teve que ser interditado. Mas após algumas horas, às 17h, os fissurados voltaram para o mar para aproveitar as últimas luzes do dia.


Steamer Lane esvaziou por algumas horas mas o crowd não quis mais saber de tubarão e entrou na água novamente. Frame das câmeras do Surfline

De acordo com o chefe dos bombeiros locais, Jim Frawley, "ataques como este são extremamente raros em Santa Cruz."

A cidade emitiu um decreto proibindo o mergulho nas praias que ficam no raio de 1km de Steamer Lane.


Momento em que Lawler sai da água. Foto: KSBW / Kelly Brown

A proibição, no entanto, gerou discussões entre os surfistas.

As ondas tem sido bem fracas em Steamer Lane e o swell estava prestes a chegar. O surfista Darryl "Flea" Virostko, disse para a Surfline que isso nunca tinha acontecido desde que ele mora na região, mas reclamou da proibição.

"Acho essa medida (proibir a entrada na água) um pouco extrema. Deveria ser: entre por sua conta e risco.Os tubarões estão aqui desde sempre, especialmente onde acorreu o ataque. Acho que eles estão querendo assustar as pessoas. Se Lane's estiver bombando, eu vou surfar!", disse Flea.

"O surf está proibido? Você tem muito mais chances de ser atacado por um drogado na rua do que por um tubarão.", criticou o local e big rider, Ken "Skindog" Collins.

Polêmicas à parte, os tubarões tem aparecido com mais frequência do que o comum. Esse ano foram muitos os registros e ataques considerados fora de época. A temporada aparentemente antecipou neste ano e isso pode significar um sinal de alerta; ou não. 


Próximo ao local do ataque. Foto: KSBW /Amy Larson

Lembrando que no último domingo, durante cerimônia em homenagem a Jack O'Neill, em Santa Cruz, alguns surfistas viram um tubarão de aproximadamente 5 metros no mar. Na ocasião, mais de 3 mil surfistas estavam na água durante a cerimônia.

Dessa vez os temidos dos sete mares já estavam de bucho cheio e por sorte só apareceram para homenagear aquele que, certamente, estaria pensando apenas no equipamento certo para poder surfar por mais tempo.

Fontes: www.ksbw.comhttp://www.surfer.com

Comentários