Bar da Grande São Paulo inova e passa a investir em apoio a surfistas

MERCADO


O "Sr. Altino Bar" decidiu inovar e dar um passo "fora da curva". Localizado num dos mais tradicionais bairros de Osasco, em Presidente Altino, há algum tempo começou a investir no apoio de atletas surfistas. O primeiro foi o de Iguape, Litoral Sul de São Paulo que atualmente mora em Guarujá, o profissional Eduardo Barrionuevo, 27. Agora, a Casa aumenta seu leque a surfistas e estende o apoio ao santista Roberto Alves Pessoa, de 14 anos.

Roberto Alves -  Foto: divulgação

"Para nós, é uma oportunidade de retribuição e valorização do esporte e atletas do nosso país", explicou Guilherme Machado, um dos proprietário do Sr. Altino Bar.Barrionuevo em 2018 finalizou o ano na 83ª posição no ranking da Confederação Brasileira de Surf. O início no surfe aconteceu na Praia Barra do Ribeira aos 14 anos onde deu as primeiras remadas. 

O bar investiu no surf

Hoje, ele acumula 12 anos de surfe e mais de 60 títulos. Em 2019, o atleta correu uma etapa do WQS, no Peru, com o apoio do Sr. Altino Bar. Ele também conta com o suporte da Gangster, Ótica Difiori, Bottom Fins, D+Sports, LivreSurf, Th Surfboards, Águas Claras e Academia Corpaço.

Eduardo Barrienovo -  Foto: divulgação

Roberto Alves Pessoa, o Robertinho, fera no skate e uma promessa do surfe brasileiro já foi campeão em 2017 do Rip Curl Grom Search – Brasileiro Amador de Surfe. Em 2019, começou com vitória na 1ª etapa do Vicentino de Surf e ficou com a terceira colocação na segunda etapa. No Rip Curl Guarujá Open fez pódios na segunda e terceira etapas. Segundo e terceiro lugares, respectivamente. Agora, ambos os surfistas se preparam para correrem a terceira e última etapa do Vicentino de Surf 2019, que está agendada para os dias 5 e 6 de Outubro, na Praia do Itararé, em São Vicente.

Comentários