Bede Durbidge anuncia aposentadoria após a perna australiana de 2018

Durbo será um dos técnicos do time olímpico de surfe da Austrália




Bede Durbidge em Burleigh Heds no fim de junho. Foto: STAB / Andrew Shields

Bede Durbidge, veterano do circuito, campeão do Pipe Master e da Tríplice Coroa havaiana, acaba de anunciar sua aposentadoria das competições. 

O aussie, local de North Stradie, Queensland, será, a partir do ano que vem, um dos técnicos do time australiano para as Olimpíadas de Tóquio, em 2020.

Bede Durbidge vai encerrar sua carreira após a perna australiana do Tour, ao término do evento de Margareth River do ano que vem.

Bede entrou no Dream Tour em 2005 e desde então faz parte do seleto grupo de surfistas da elite mundial. O único ano em que ficou ausente foi ano passado, quando recuperava-se de uma grave lesão sofrida em Pipeline, no final de 2015.


Bede durante o Pipe Masters. Foto: WSL / Poullenot

"Eu sinto que eu preenchi o meu sonho como competidor e ano que vem será o momento perfeito para assumir este novo papel. É uma época muito excitante no surf e os jogos olímpicos de Tóquio vão chegar muito em breve. A Austrália tem uma grande chance de vencer a primeira medalha de ouro olímpica no surfe, então a preparação será a chave nos próximos anos.", afirmou Bede Burbidge ao The Business Of Surf. "Ser técnico é algo que eu tenho muita paixão e estou aproveitando a chance de poder trabalhar com os melhores treinadores e atletas australianos.", compeltou Bede, já incorporado em seu novo papel.

Com Bede à frente do time olímpico, a única certeza é de que a Austrália está realmente se preparando com o melhor que tem, para conquistar o inédito ouro na primeira aparição do surfe nas Olimpíadas.

Comentários