CBSurf Junior Tour 2018 - Equipe de Santa Catarina vence em Maracaípe

Competição rolou neste último fim de semana


Domingo foi o dia das grandes finais da primeira etapa do CBSurf Junior Tour, evento que abre o Marands Surf Festival 2018. Sob o sol dourado de Maracaípe, o público compareceu em massa para prestigiar e torcer pela sua delegação.

Carlos Burle ao lado de Felipe Alves no pódio. Foto: Damangar Fotografias e Filmes.

Carlos Burle ao lado de Felipe Alves no pódio. Foto: Damangar Fotografias e Filmes.



O evento aconteceu numa semana em que todo o litoral da região estava sendo (e ainda está) com boas ondas durante todo o dia, mais principalmente no período em que a maré começa a baixar. Tal situação permitiu que todos os competidores de todas as categorias pudessem explorar seu repertório de manobras e decolar seus aéreos com facilidade.

Além da presença das autoridades municipais, Carlos Burle e Fábio Gouveia se fizeram presentes durante todo o dia.  O pernambucano campeão mundial de ondas grandes Carlos Burle que recebera nesta última quarta-feira a Medalha Leão do Norte e o título de Cidadão Pernambucano ao lado do paraibano Fábio Gouveia que apesar de ter nascido em Bananeiras, interior da Paraíba, tem um estreito laço de convivência e realizações pessoais e profissionais com o estado de Pernambuco, realizações estas que mais do que justificam as homenagens.

Fábio Gouveia entregando troféu com seu nome a Davi Mendes. Foto: Damangar Fotografias e Filmes.

Fábio Gouveia entregando troféu com seu nome a Davi Mendes. Foto: Damangar Fotografias e Filmes.



No domingo, a presença dos dois foi importante para a entrega do Troféu Carlos Burle (para a categoria sub 18) e do Troféu Fábio Gouveia (para a categoria sub 16). Isso sem falar da capacidade de inspirar e da vasta experiência que os dois tem para compartilhar.

No mar, a disputa na categoria Sub 18 masculino foi acirrada. Cauã Costa (RJ), Cauã Nunes (PE), Leonardo Barcelos (SC) e Felipe Alves (PB) fizeram a final e deram um dos melhores shows do dia.

Cauã Costa, apesar de ter surfado muito bem durante toda a competição, não encontrou sua ondas na final deixando a luta se resumir entre os outros 3 surfistas que se revezaram onda a onda disputando cada ponto.  No final o surf agressivo de Cauã Nunes precisou de um pouco mais de controle emocional para a escolha e precisão das manobras dando a vantagem necessária para Felipe Alves se sobressair com sua técnica e levar o troféu Carlos Burle para casa e conquistar pontos importantes para sua classificação ao mundial ISA.

Na categoria Sub 18 feminino, o furação Tainá Hinkel (SC) veio para levar tudo.  Ainda influenciada pela sua atuação nas piscinas de onda do Surf Ranch de Kelly Slater, Tainá veio a Maracaípe para levar tudo que pudesse.

Tainá Hinkel, campeã na Sub 18 e na Sub 16. Foto: Damangar Fotografias e Filmes.

Tainá Hinkel, campeã na Sub 18 e na Sub 16. Foto: Damangar Fotografias e Filmes.



Na final da Sub 18 contra Isabella Saldanha (SP), Julia Duarte (RJ) e Nalanda Carvalho (PB), Tainá foi cruel e não deu muito espaço para as adversárias deixando-as disputarem pelo segundo enquanto se isolava na liderança buscando o surf de competição buscando atender aos critérios de julgamento num mar propício para isso.

Sua estratégia lhe deu a vitória e foi muito importante para a sua equipe na disputa entre as delegações uma vez que na categoria Sub 16 feminino, Tainá venceu Nalanda Carvalho (PB), Sophia Medina (SP) e Maju Freitas (RJ) da mesma forma.

Na categoria Sub 16 masculino, Davi Mendes (BA) foi o vencedor.  Sua final contra Luiz Mendes (SC), Kauã Hanson (PB) e Mateus Sena (RN) foi uma das mais emocionantes.  Todos estavam de olho no Troféu Fábio Gouveia que premia a categoria.  Mateus Sena foi o que chegou mais perto de tirar a grande diferença imposta por Davi que deixou os demais precisando combinar notas.

Humilde, Davi Mendes se mostrou muito feliz recebendo o troféus das mãos de Fábio Gouveia, mas principalmente se mostrou consciente e maduro ao compartilhar de sua alegria com os amigos que estavam no pódio.

Já na categoria Sub 14 Masculino, Caio Costa (SP) venceu Heitor Muller (SC), Adriano de Souza (CE) e Adalto Sena (RN) numa final emocionante mais sem muitas surpresas.  Caio Costa que faz parte do Instituto Medina, foi formatando o resultado desde o início da bateria e levou o troféu de vencedor da categoria.

Por equipes, Santa Catarina foi a grande vencedora e fez a festa no pódio assim como fez na praia durante os três dias de competição.  De certo a mais animada e organizada.

O Marands Surf Festival é uma realização da CBSurf, Federação Pernambucana de Surf e Prefeitura Municipal de Ipojuca através da Secretaria de Esportes do Município.

Apoio Pranchas R.Marroquim, Blocos Teccel.

Sub18
1º Felipe Alves da Silva (PB)
2º Leonardo Barcelos (SC)
3º Cauan Nunes (PE)
4º Cauã Costa (RJ)
 
Sub16
1º David Mendes (BA)
2º Mateus Sena (RN)
3º Kauã Hanson (PB)
4º Luis Mendes (SC)
 
Sub14
1º Caio Costa (SP)
2º Heitor Müller (SC)
3º Adriano de Souza (CE)
4º Adauto Sena (RN)
 
Sub18 Feminino
1ª Tainá Hinckel (SC)
2ª Nalanda Carvalho (PB)
3ª Júlia Duarte (RJ)
4ª Isabela Saldanha (SP)
 
Sub16 Feminino
1ª  Tainá Hinckel (SC)
2ª Majú Freitas (RJ)
3ª Sophia Medina (SP)
4ª Nalanda Carvalho (PB)

Resultado por equipes
 1º Santa Catarina
2º São Paulo
3º Paraíba
4º Pernambuco

Comentários