Circuito Jonosake Aberto de Surfe do Recreio - Disputas a todo vapor neste sábado

Dia cheio e de definições neste segundo dia de evento. Maju Freitas conquista o título do circuito na Pro Jr feminina e todos os outros campeões serão conhecidos nesse domingo.


O segundo dia de competições no Circuito Jonosake Aberto de Surfe do Recreio 2017 foi bem agitado. O sábado de disputas começou com a categoria sub-16 masculina e continuou com as categorias sub-10, sub-12 e sub-14 e Open masculinas, Pro Jr feminino, pranchão feminino e as categorias Kahuna e Master e Gran Master masculinas.

 

Cauã Costa segue 100% no evento. Foto: Eduardo Egito (@bandw_vision).

As ondas quebravam com cerca de 0,5 metro e, apesar de estarem um pouco menores em relação a ontem, a formação estava melhor e o surfe rendeu bons momentos. Mesmo com as marolas, tivemos disputas bem intensas e boas ondas surfadas. Vale destacar a galera da Master e da Kahuna que durante as bateria do meio do dia, quebrou a valinha de inside no posto 11 do recreio.

Por mais um dia o que chamou bastante a atenção foi a presença das famílias e todo o suporte que os atletas da nova geração estão tendo no circuito. Atletas de alguns estados do Brasil estão presentes junto com suas famílias, técnicos, managers e agregados, num claro exemplo de como o surfe vem se profissionalizando cada vez mais e, desde cedo, esses pequenos surfistas já contam com todo um suporte e apoio, fundamental para o desenvolvimento e aprendizado dessa galerinha que vem arrepiando. É sempre muito gratificante quando vemos que esses atletas estão sendo muito bem assessorados e incentivados.

Falando na garotada, alguns pequenos gigantes talentos se destacaram neste sábado, como os atletas Victor Santos, Guilherme Lemos, Sany Pires, Gabriel Dantas, Cauê Frazão e Nathã Hereda - o que ainda falta em tamanho nessa galera, sobra em talento no surfe.

 

 

Victor Santos, de apenas 8 anos, fez a mala. Foto: Eduardo EGito (@bandw_vision).

Outro ponto importante é o fortalecimento do surfe feminino de base. As meninas estão quebrando!! São muitas as que estão com um surfe muito forte, competitivo e bonito de se ver. É mais uma certeza de que o Brasil está muito bem na fita no que diz respeito ao futuro do surfe competição mundial.

Falando do feminino, Maju Freitas, que garantiu vaga na fase final da Pro Jr, conquistou o título da categoria do circuito Jonosake de Surfe. Maju, sempre acompanhada pelo olhar atento do pai, Marcelo Freitas, conquista mais um importante resultado, fechando o ano com chave de ouro. "Estou muito feliz com esse título. Treinei bastante o ano inteiro para este circuito e é muito gratificante poder competir com todas as aminhas amigas e com a minha família presente.", comemora ela.

 


Maju Freitas no ataque. Foto: Ricosurf / Iuri Corsini

Outra que se encaixou na valinha foi Luara Thompson, que fez o maior somatório do dia entre as meninas e decidirá o título da etapa neste domingo junto com Maju Freitas. "Bateria difícil, mas estou sempre preparada. Amanhã é final!", diz a confiante Luara.

Visita de peso


Deivid Silva arrepiando durante o free surf deste sábado no posto 11. Foto: Ricosurf / Iuri Corsini

Quem marcou presença neste sábado foi o surfista profissional do time da Pena, Deivid Silva, que veio prestigiar o evento e a garotada da sua equipe que está em peso aqui no Rio. Deivid fez um free surf aninal ao lado do palanque e usou e abusou das pistas do posto 11. Depois do freesurf, Deivid falou com a euqipe e, entre outros assuntos, comentou da importância dos campeonatos amadores de base e se disse impressionado com a estrutura dessa etapa. "Esse tipo de evento amador é muito importante porque motiva muita a nova geração. Você começa a conhecer novos atletas e isso motiva muito. E cara, eu nunca vi esse tipo de evento amador que tem aqui no Rio, com essa estrutura. Esse evento realmente está de parabéns. Foi o melhor que eu já vi até hoje."

O último e decisivo dia do Circuito Jonosake Aberto de Surfe do Recreio 2017 acontece neste domingo, com a primeira chamada sendo realizada às 08h. 

É neste domingo que conheceremos todos os campeões do circuito e saberemos, também, quem levará o carro de prêmio no longboard profissional. A disputa está aciraddíssima e muitos ainda têm chances do título.

A previsão é de boas ondas, com tamanho entre 0,5 a 1,0 metro, ondulação de sul e 15 segundos de período. A previsão indica que o vento será de oeste fraco logo cedo, virando para sul-sudoeste moderado ainda pela manhã.

Comentários