CT França 2017 - Medina é tricampeão

Campeão mundial de 2014 fez sua quinta final na França e comemorou a terceira vitória na etapa


Deu Brasil pela quarta vez no ano. Gabriel Medina venceu a etapa francesa do CT, a nona do tour 2017 de elite e subiu para a terceira posição no ranking, mantendo vivo o sonho do bicampeonato mundial. Neste sábado Medina venceu três baterias, inclusive sua quinta final na França, e comemorou o terceiro título na competição.

Gabriel Medina. Foto: WSL / Poullenot.

Gabriel Medina. Foto: WSL / Poullenot.



Nas quartas de final ele não deu chances para o australiano Joel Parkinson, que pegou apenas duas ondas e perdeu pelo placar de 15,20 a 1,20 pontos. A semifinal foi uma das baterias mais aguardadas do evento: Medina contra o havaiano atual campeão mundial e atual líder do ranking Jonh John Florence.

John John quase fez chover nas quartas contra o australiano Mick Fanning. O havaiano marcou as notas 9,97 e 9,70 e não deu chances para o tricampeão mundial. Mas contra Medina a história foi diferente. Enquanto Medina distribuia batidas e rasgadas de backside, com estilo e velocidade, John John errava os voos. O brasileiro então foi para a sua decolagem e acertou um “sushi roll”, conquistando 8,57 e colocando o havaiano em combinação.

John John Florence. Foto: WSL / Poullenot.

John John Florence. Foto: WSL / Poullenot.



Mas John John não desistiu e nos oito minutos finais começou a acertar as manobras. Primeiro colocou 7 pontos em seu somatório e passou a precisar de 9,40 pontos. Na sequência, noutra direita finalizada com um aéreo, o havaiano chegou perto com a nota 9, mas não deu mais tempo para virar.

Na finalíssima, o havaiano Sebastian Zietz não teve chances contra Medina que voltou a soltar as manobras de backside para vencer fácil pelo placar de 16,00 e 9,30.

Sebastian Zietz. Foto: WSL / Poullenot.

Sebastian Zietz. Foto: WSL / Poullenot.



Com a vitória Medina subiu cinco posições no ranking e agora está na terceira posição, somando 40.750 pontos. O líder é John John que tem 49.900 e o vice-líder é o sul-africano Jordy Smith que tem 47.600 pontos.

Miguel Pupo

Outros dois brasileiros competiram neste último dia de disputas na França. Miguel Pupo brigou por uma vaga nas semifinais contra Sebastian, mas o havaiano achou um tubo que valeu 9 e desequilibrou a disputa. Pupo até que tentou, mas foi eliminado, terminando a prova em quinto lugar, seu melhor resultado no ano. O brasileiro subiu quatro posições no ranking e agora é o 27º colocado.

Miguel Pupo. Foto: WSL / Poullenot.

Miguel Pupo. Foto: WSL / Poullenot.



Caio Ibelli

O outro atleta tupiniquim que competiu nas ondas de La Graviere neste sábado foi Caio Ibelli. O brasileiro teve muita dificuldade em achar ondas abertas, enquanto seu adversário, o norte-americanno Kolohe Andino, foi abrindo vantagem. Perto do final Caio ensaiou uma reação, com aéreo, rasgadas e batida, mas precisava de 7,28 e recebeu apenas 5,13 pontos. Caio finalizou a prova em 9º lugar, subiu três posições no ranking e agora está na 19ª posição.

Caio Ibelli. Foto: WSL / Poullenot.

Caio Ibelli. Foto: WSL / Poullenot.



Próxima etapa

A próxima e penúltima etapa do CT 2017 acontece em Portugal entre os dias 20 e 31 deste mês de outubro. No ano passado John John Florence venceu a competição e comemorou seu primeiro título mundial.

Ranking atualizado do CT 2017

1 John John Florence (HAV) 49.900

2 Jordy Smith (AFR) 47.600

3 Gabriel Medina (BRA) 40.750

4 Owen Wright (AUS) 39.850

5 Matt Wilkinson (AUS) 38.200

6 Julian Wilson (AUS) 37.700

7 Adriano de Souza (BRA) 36.600

8 Filipe Toledo (BRA) 34.950

9 Joel Parkinson (AUS) 31.850

10 Kolohe Andino (EUA) 30.000

11 Sebastian Zietz (HAV) 29.750

12 Mick Fanning (AUS) 28.300

13 Frederico Morais (POR) 26.400

14 Adrian Buchan (AUS) 25.250

15 Connor O´Leary (AUS) 25.200

16 Joan Duru (FRA) 23.400

17 Michel Bourez (PLF) 22.450

18 Jeremy Flores (FRA) 21.450

19 Caio Ibelli (EUA) 20.500

20 Bede Durbidge (AUS) 20.200

21 Conner Coffin (EUA) 19.750

22 Wiggolly Dantas (BRA) 18.700

23 Italo Ferreira (BRA) 16.450

25 Ian Gouveia (BRA) 14.250

27 Miguel Pupo (BRA) 14.200

30 Jadson André (BRA) 11.750

Comentários