CT Jbay 2017 - Altas ondas marcam primeiro dia de competição

Mineirinho, Filipe Toledo e Gabriel Medina avançam direto para o round 3


Finalmente, depois de muita espera e expectativa, o Jbay Open 2017 teve início em boas ondas de cerca de 2,0 metros no point break de Jeffreys Bay, África do Sul.

E no primeiro dia de ação, o round 1 da sexta etapa do circuito mundial foi para a conta, com ótimas performances dos atletas.


                                 John John tem a melhor performance do dia e é o cara a ser batido. Foto: WSL / Pierre Tostee

Os destaques do dia ficaram por conta de Jeremy Flores, Conner Coffin, John John Florence, Ítalo Ferreira, Kelly Slater, Jack Freestone, Gabriel Medina, Michel Bourez e Filipe Toledo.

Participação dos brasileiros

Na bateria de abertura do campeonato, Wiggolly Dantas e Miguel Pupo tiveram pela frente o australiano Joel Parkinson. O confronto foi disputado entre Joel e Wiggolly, mas o australiano acabou vencendo.

Na terceira bateria do dia, foi a vez de Adriano Mineirinho entrar na água.

Mineiro teve uma duríssima batalha contra o português Frederico Morais e o brasileiro Jadson André.

Jadson não chegou a ameaçar muito e o duelo ficou mesmo entre Mineiro e o português. Faltando 2m30, Adriano estava na liderança e Frederico precisava de um 5.90 quando pegou sua última onda.

Frederico chegou muito perto da virada. A onda parecia ter enorme potencial, com uma aparente longa parede para manobras, mas, para alívio dos brasileiros, a onda acabou perdendo parede mais no inside, e os juízes avaliaram a performance do português em 5.80 e Mineirinho acabou avançando direto para o round 3.


Mineirinho fez bonito na estreia. Foto: WSL / Kelly Cestari

Na bateria de número seis, o brasileiro Ian Gouveia não teve nenhuma chance para derrotar o havaiano John Florence. A bateria ainda contou com a presença do local Dale Staples, que ficou em 2º.

John John, que foi o grande destaque do dia, fez o maior somatório do round 1, com ondas avaliadas em 9.70 e 9.67, numa bateria quase perfeita. John teria conseguido 10 pontos nas duas ondas, caso não tivesse caído, em ambas, na finalização no inside.


Ítalo teve ótima performance. Foto: WSL / Pierre Tostee

Logo na bateria seguinte, Ítalo Ferreira teve ótima atuação e avançou em primeiro, com 15.27 pontos, vencendo os adversários Leonardo Fioravanti e Kolohe Andino.

Na décima bateria, Gabriel Medina foi dono da 2º melhor performance do dia, com ondas avaliadas em 8.90 e 9.93 (a maior nota do round 1, após um inédito tubaço para um goofy na sessão de impossibles), e venceu com tranquilidade o australiano Stu Kennedy, em 2º e o brasileiro Caio Ibelli, em 3º.


Medina levou o público ao delírio. Foto: WSL / Pierre Tostee

Fechando o 1º dia de competição, a bateria mais disputada e a de mais alto nível do dia. Filipe Toledo, Michel Bourez e Ezekiel Lau deram um verdadeiro show de surf nas o´timas direitas que quebravam no pico.

Os três atletas puxaram os limites e a bateria foi cheia de high scores.

Michel começou com notas 7.67 e 9.00, imprimindo um ritmo alucinante logo no início. O havaiano Ezekiel Lau deu o troco e em sua primeira onda fez um 8.10.

Filipinho, que começou meio lento na bateria, pegou a melhor onda do heat, aos 15min. O brasileiro mostrou uma impressionante velocidade, variedade e velocidade em suas manobras e arrancou um merecido 9.50, entrando de vez na disputa.

Filipe precisava de um 7.17 para assumir a liderança, mas acabou não tendo muita soportunidades. Faltando segundos para o fim, o brasileiro achou uma onda da série, logo após Bourez ter pego sua última ondas, mas, infelizmente, a onda acabou correndo de mais e não proporcionou muitas chances ao brasileiro.

Filipe, mesmo com a melhor nota do heat, acabou caindo para a repescagem do evento.

Top contenders

Dos seis primeiros colocados no ranking, apenas três avançaram direito para o round 3: John John Florence, Joel Parkinson e Adriano de Souza.

Matt Wilkinso, atual líder do CT, Owen Wrigth e o local Jordy Smith acabaram caindo para a repescagem.


Mick Fanning sempre favorito em Jbay. Foto: WSL / Pierre Tostee

 Próxima chamada

A póxima chamada ocorre às 7h da manhã deste domingo na África do Sul, 2h da madrugada no horário de Brasília.

Assista tudo AO VIVO.

 

Comentários