CT Margaret 2019: John John e Lakey levam a melhor

Havaiano se isola na liderança. Caio Ibelli foi o melhor brazuca no evento


O havaiano John John Florence venceu o CT Margaret River 2019, quarta etapa do Circuito Mundial da WSL, finalizado nesta segunda-feira, 3 de junho, na Austrália. Apesar das expectativas de as baterias serem realizadas em The Box, as finais ocorreram no Main Break em ondas com cerca de 6 a 8 pés.


Florence apresentou o surf mais sólido desde o início do evento, sempre com suas tradicionais rasgadas que jogam “pouca” água. Ele também encarou com certa facilidade algumas junções ignorando o tamanho e potência das ondas. Na A final foi entre o havaiano e Kolohe Andino, uma reedição de 2017. Andino até que tentou, mas foi anulado pelo John que marcou 18.50 ( melhor média do evento) , contra 15.10 do americano.

Podio da etapa. Foto: WSL


Entre as mulheres a representante bazuca Tatiana Weston-Webb chegou à final mas não conseguiu superar Lakey Peterson. Weston-Webb surfou com muita atitude, desferindo boas rasgadas e batidas de back side, porém ficou faltando uma onda mais sólida. Placar: 13.33 a 10.40.

O melhor brasileiro no evento foi Caio Ibelli, terceiro colocado, que vinha de uma série de eliminações precoces, mas dessa vez conseguiu fazer muito bem seu trabalho. Caio, que está sem patrocínio principal, perdeu para John John na primeira semifinal por 14.60 a 14.10. O resultado lhe valeu uma significativa subida no ranking do CT, e ele agora ocupa a 20ª posição, mantendo-se entre os 22 da elite.

Jonh Jonh em ação. Foto: WSL


Semifinal masculino - As semifinais masculinas começaram com os dois surfistas brigando pelo melhor posicionamento. John emplacou 6.83 na primeira da bateria, já Caio remou na onda seguinte conseguiu 5.50. Na sequência uma acirrada disputa de remada mostrou que o havaiano não estava de brincadeira e nem um pouco “relax”. Os dois chegaram a se esbarrar remando, Caio reclamou um pouco, mas o bicampeão mundial chegou primeiro ao pico. A liderança se manteve o tempo inteiro com o Florence, e faltando cerca de dois minutos para o término Ibelli fez uma boa direita na qual consegui executar quatro boas manobras. Ele precisava de 8.33 para virar, porém a nota foi 7.83.

Caio Ibelli. Foto: WSL

Semifinal feminino - Na semifinal feminina Tatiana e Sally se alternaram na liderança, mas a australiana parecia estar mais sólida nas manobras. Até os últimos momentos da disputa ela soube dominar o pico e acertar boas manobras.Faltando cinco minutos para o final, ela surfou uma onda que parecia ser a salvadora. Ela precisava de 5.35, mas a nota não foi suficiente: 5.0. A partir daí a brasileira-havaiana voltou com tudo para o out side e ainda teve tempo de pegar uma onda no último giro do ponteiro, arrancando um 7.0 - seu passaporte para a final.

Tati desce uma bomba. Foto: WSL


Liderança - A liderança do CT segue com o bicampeão mundial John John Florence, que se isolou na liderança com 27.415 pontos, seguido por Kolohe, com 21.675. O melhor brasileiro segue sendo Ítalo Ferreira na 3ª posição, com 20.820.

Entre as mulheres, Stephanie Gilmore lidera com (24.235), Lakey foi para 6º (21.305) e Tati agora é a nona colocada com (17.765). O CT segue para Saquarema, Rio de Janeiro. A janela de espera abre no dia 20 e vai até 28 de junho.


Final masculina:

1 - John John Florence (HAV) 18.50 

2 - Kolohe Andino (EUA) 15.10

Semifinal masculina:

1 - John John Florence (HAV) 14.60 x Caio Ibelli (BRA) 14.10 

2 - Kolohe Andino (USA) 10.83 DEF. Julian Wilson (AUS) 9.00


Final Feminina:

1- Lakey Peterson (EUA) 13.33 

2- Tatiana Weston-Webb (BRA) 10.40

Semifinal masculina:

1 - Tatiana Weston-Webb (BRA) 13.33 DEF. Sally Fitzgibbons (AUS) 11.67

2 - Lakey Peterson (USA) 15.97 DEF. Carissa Moore (HAW) 15.80


Ranking CT após a quarta etapa:

1 - John John Florence Hawaii - 27,415

2 - Kolohe Andino - 21,675

3 - Italo Ferreira 20,820

4 - Kanoa Igarashi - 19,960

5 - Jordy Smith - 18,245 

6 - Filipe Toledo - 17,195

7 - Ryan Callinan - 15,480 

8 - Conner Coffin - 14,705

9 - Kelly Slater - 14,415

10 - Seth Moniz - 14,140

11 - Jeremy Flores - 13,780

12 - Gabriel Medina - 12,150

13 - Julian Wilson - 12,065

14 - Owen Wright - 11,290

14 - Michel Bourez - 11,290

16 - Wade Carmichael - 11,085

17 - Michael Rodrigues - 10,075

18 - Willian Cardoso - 9,300

18 - Peterson Crisanto - 9,300

20 - Caio Ibelli - 9,010

21 - Adrian Buchan - 7,670

22 - Yago Dora - 7,310

 

Comentários