FESERJ 2018 - Nova geração entra de cabeça na categoria Profissional

A intenção da nova diretoria é dar a oportunidade aos jovens surfistas de evoluírem competindo com profissionais consagrados no esporte


Entre os próximos dias 26 e 29 acontece o Maricá Surf Pro/Am 2018, nas ondas de Ponta Negra, na cidade da Região dos Lagos. As inscrições já estão abertas e a novidade é a participação de nomes da nova geração do surf não só nas categorias de base. Muitos dos surfistas novatos do Rio de Janeiro vão ter a primeira experiência competindo entre os profissionais.

Ponta Negra, Maricá. Foto: @maricadrone.

Ponta Negra, Maricá. Foto: @maricadrone.



Valentino Belga (16), Cauã Costa (15), Daniel Templar (16) e Kauai Marinho (16) vão medir suas técnicas contra surfistas de renome como Victor Ribas, terceiro melhor do mundo em 1999; o bicampeão brasileiro e tricampeão carioca Leo Neves; de Raoni Monteiro que participou de 8 temporadas na elite do surf e até hoje compete no Circuito Mundial; de Leandro Bastos, campeão do QS 6.000 do Arpoador; de Simão Romão, que tem três títulos em etapas do QS de nível 6.000 (2 vezes no Arpoador e 1 vez no Santinho), que nas épocas eram as mais valiosas do Circuito de acesso, entre outros grandes nomes do surf no estado.

Valentino Belga @valentinobelga, que tem 4 títulos estaduais (Petiz, Infantil e dois na Iniciante), falou sobre o Maricá Surf Pro-AM 2018. “É excelente o Rio ter um Circuito Profisional. Vou pra Maricá em busca de evolução, não só para o meu surf, mas também para a minha forma de competir”, disse o niteroiense. Valentino vai participar das categorias Profissional e Mirim.

Valentino Belga. Foto: Guilherme Milward.

Valentino Belga. Foto: Guilherme Milward.



O cearense radicado no Rio Cauã Costa @cauacostaoficial tem 15 anos e assim como Valentino também vai competir pela primeira vez entre os Pros. “Eu gosto de explorar meus limites”, disse ele que vai disputar também a Mirim e que tem no currículo títulos no Rip Curl Grom Search, no Pena Little Monster, no Oi Digital, no Circuito Paulista e no Circuito do Rio nas categorias (Iniciante e Mirim).

Cauã Costa. Foto: @p11pics.

Cauã Costa. Foto: @p11pics.



O surfista de Saquarema Kauai Marinho @kauaimarinho_oficial, de 16 anos, já teve a experiência de competir na categoria Pro, tambem em eventos da FESERJ, na temporada 2017, e agora vai ter uma nova chance. “Eu acho que é uma oportunidade de aprendizado poder correr com atletas mais experientes que eu. Isso vai me ajudar a solidificar cada vez mais minha carreira como atleta”, falou o surfista de Saquarema que também vai duelar com surfistas da Mirim.

Kauai Marinho. Frame: Alex Peixoto.

Kauai Marinho. Frame: Alex Peixoto.



O saquaremense Daniel Templar @danieltemplar_, de 16 anos, tem participado de eventos do Circuito Mundial QS, a divisão de acesso à elite. Daniel vai para Maricá junto com o irmão Diego, que vai competir na categoria Iniciante. “É muito bom poder estar novamente junto com meu irmão em um campeonato. É sempre um incentivo para ele e para mim também, e a gente fica sempre ali na vibe. Isso é irado”, disse Daniel que comentou o fato dos surfistas da nova geração estarem se inscrevendo e aproveitando a oportunidade de surfar contra os Pros. “É muito irado poder ver a nova geração começando a competir na categoria Pro. Esse é o início de uma nova batalha!”.

Daniel Templar. Foto: @costablancavideos.

Daniel Templar. Foto: @costablancavideos.



O Maricá Surf Pro-AM 2018 vai abrir o Circuito Estadual de Surf Profissional do Rio em 2018 e vai valer 1.000 pontos no ranking, tanto no Masculino quanto no Feminino. Além das categorias profissionais, o evento vai contar com disputas na Mirim, Iniciante, Infantil, Petiz, Feminino Mirim, Feminino Infantil e Surdos.

Filiação à FESERJ (ATENÇÃO)

A data limite para filiação à Federação é dia 26 de julho de 2018. Após esta data não serão aceitas novas filiações. Apenas atletas filiados à FESERJ poderão disputar os rankings estaduais, tanto amadores quanto profissionais.

Mais informações sobre a filiação no site da Federação:
http://feserj.org.br/filiacao-de-atleta/
FESERJ | Filiação de Atleta
feserj.org.br

Filiação de Atleta EXERCÍCIO: 2018 . Prazo para filiação de atletas (amadores e profissionais): 26 de julho de 2018 *****O atleta que não se filiar até esta data ficará fora dos rankings estaduais*****

Cartaz do Marica Surf Pro-AM 2018. Foto: divulgação.

Cartaz do Marica Surf Pro-AM 2018. Foto: divulgação.



Inscrição na competição Maricá Surf Pro-AM 2018

Categoria Pro Masculino: R$ 160,00 (cento e sessenta reais)

Categoria Pro Feminino: R$ 100,00 (cem reais)

Categorias amadoras*: R$ 90,00 (noventa reais)

(*) Open, Mirim, Iniciante, Infantil, Petiz, Feminino Mirim, Feminino Infantil e Surdos.

As inscrições deverão ser feitas através de depósito na conta da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro – FESERJ.

CNPJ 01.920.708/0001-23

Banco Itaú Unibanco | Agência: 4.074 | Conta corrente: 14.333-2

O comprovante do pagamento deve ser enviado para o e-mail contato@feserj.org.br junto com o nome do atleta e categoria para confirmação da sua inscrição.

Estadia em Maricá (recomendação)

Em parceria com o Hotel Casa e Mar, o mesmo oferece aos atletas o valor de 10% de desconto nesta temporada (O código promocional para os atletas é: CAMPSURF2018).

Localizado em Ponta Negra, o Casa e Mar possui:

– piscina com borda infinita

– restaurante

– american bar

– academia

– spa

– quartos vista mar

– wi fi

– estacionamento

Mais informações: www.casaemar.com ou @casaemar

Realização, patrocínio e apoio

O MARICÁ SURF PRO/AM 2018 é uma realização da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro – FESERJ com patrocínio da Prefeitura de Maricá.

Apoio de BENTLEY SPORT WEAR, CASA & MAR WELLNESS HOTEL AND SPA e CASA & MAR COLONIAL.

Apoio de mídia do SURFLAND, programa semanal transmitido pelo SBT Rio que está levando todas as notícias do nosso circuito aos lares de milhões de telespectadores na televisão aberta. Não perca o Surfland, todos os sábados, às 13 horas, no canal SBT Rio.

Apoio institucional: Associação de Surf e Bodyboard de Ponta Negra (ASBPN) e Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP).

Comentários