Gordo e Pastori comandam manhã redonda no Recreio

Com ótimas condições na maioria dos picos do RJ, a galera aproveitou e partiu pra dentro dos tubos



Quando tudo se alinha o Rio não pode reclamar de falta de onda. Foto: Iuri Corsini (@okasurfoficial).

Deixei minha filha na escola e por volta das 8h30, depois de meio litro de café, vi no stories no Instagram do Felipe "Gordo" Cesarano (@felipecesarano) que estava rolando bonito no posto 10 do Recreio. "Tem onda hein, rapaziada! Só não vem impregnar meu pico aqui (rs)", falava o Gordo, ao mesmo tempo que mostrava a localização exata do crime.

Não pensei duas vezes. Posterguei alguns afazeres e parti com câmera na mão no intuito de flagrar algo de bom.

Apesar de ter chegado ao menos 1h depois da galera ter entrado no mar, ainda foi possível registrar um pouco da ação. Quando cheguei na areia logo vi o Gabriel Pastori, que costuma cair mais para o 9, achando uma boa esquerda.


Gabriel pastori achou a boa no pico. Foto: Iuri Corsini (@okasurfoficial).

Me posicionei melhor e dessa vez me preocupei mais em tirar fotos ao invés de filmar. Vale ressaltar que não sou nem fotógrafo nem videomaker, mas tenho o maior prazer de tentar aprender e brincar de vez em quando. O dia estava lindo. Das 9h às 10h30 a luz foi praticamente perfeita, o que ajudou no cenário.

Pouco tempo depois da esquerda do Pastori, o Gordo veio numa linda direita e andou muito lá dentro. Uma onda que para ele é marola, mas que tem seu valor quando se é surfada onde foi; com o peso do mar do Recreio e toda a sua imperfeição.


Gordo se deu bem na sombra da manhã. Foto: Iuri Corsini (@okasurfoficial)

Apesar de altas ondas, não estava tão fácil de achar um tubo com possibilidades de saída. Muitas ondas ou fechando ou correndo bastante. Mas é o que estamos acostumados. Porém, no geral, MUITA onda boa apareceu e quem caiu sem dúvida saiu de cabeça feita, e se disser que o mar estava clássico não estará mentindo.


Posicionamento, sorte e ótima remada. Receita que funciona. Foto: Iuri Corsini 

Muitas direitas e esquerdas e onda para todos os lados. O celular já bombava sinalizando os picos que quebravam em ótimas condições. Coloquei música no celular e me concentrei no que estava acontecendo à minha frente.


Arquibancada pronta e um expresso passando vazio. Foto: Iuri Corsini

Alguns bons surfistas, que eu não consegui identificar, acharam suas boas e também encontraram a sombra no calor de 30 graus do Outono - que aliás, começou bombando!!


Sim, tem um surfista entocado de backside aí dentro. Foto: Iuri Corsini

 

 

 

Comentários