Mega Swell em Búzios - Tomas Alvarez encara as bombas de Geribá

"Esse foi sem dúvida, uns dos maiores mares dos últimos 10 anos. A última vez que vi Geribá com aquelas avalanches, era uma criança e ficava assistindo na areia".



Tomas Alvarez encarando uma avalanche em Geribá. Foto: Glauber Oliveira e Lopap.

Nos dias 12, 13 e 14 de agosto de 2017, o litoral brasileiro amanheceu com ondas gigantescas causada por um ciclone no Oceano Atlântico.

O jovem destemido encarou ondas históricas de 4 metros na praia de Geribá.

Palavras do atleta:

''Passei a semana toda acompanhando o swell por gráficos e previsões. E esse foi sem dúvida, uns dos maiores mares dos últimos 10 anos. A última vez que vi Geribá com aquelas avalanches, era uma criança e ficava assistindo na areia. Tive a companhia de alguns amigos, dentre eles, Facundo Arreyes, Giuliano Arreyes, Frederico Arreyes, José Eduardo, Cristiano Saraiva e Marcos Vinicius. Era possível contar nos dedos os surfistas preparados para aquelas condições. Estava muito confiante, com prancha adequada e preparo físico em dia. É uma grande honra fazer parte da história do big surf na praia onde cresci e tudo aprendi.''


Tomas Alvarez, Geribá, Búzios. Foto: Glauber Oliveira e Lopap.

Estudante de Administração de Empresas na universidade Estácio de Sá, integrante da Associação de surf de Búzios e dono da própria oficina de conserto de pranchas, o garoto de 21 anos sonha com poder viver do surf.


Tomas Alvarez, Geribá, Búzios. Foto: Glauber Oliveira e Lopap.

Com um grande arsenal de títulos na sua caminhada, segue sem patrocínio principal para se jogar de cabeça no circuito mundial Qualifying Series (QS).

Ele agradece a todos que acreditam no seu potencial, principalmente a Deus e sua família, em seguida a loja 900Graus, protetor RawElement, Haka Sucos, Psicóloga Sandra Monica Del Rio, Mr Jones, UiGafas, Glauber Oliveira, Associação de surf de Búzios e a Estácio de Sá.


Tomas Alvarez, Geribá, Búzios. Foto: Glauber Oliveira e Lopap.

Comentários