QS 6000 Manly 2019 - Jadson fez sua terceira final no ano

Brasileiro terminou em segundo lugar na etapa e com sua terceira final em 2019 já soma 15.000 pontos no ranking


Jadson André está “on fire” ! Neste domingo o brasileiro, que voltou pra elite neste ano, fez sua terceira final em 2019, todas em eventos do QS 6000, e garantiu mais um vice-campeonato. Dessa vez foi no Sydney Surf Pro, que terminou em ondas com boa formação de meio metro com séries maiores em Manly Beach, Newcastle, Austrália.

Jadson André. Foto: WSL / Dunbar.

Jadson André. Foto: WSL / Dunbar.



"É tão louco pensar que minha temporada principal (CT) ainda não começou, mas esta é minha terceira final. Não posso deixar de ficar um pouco desapontado por não ter terminado em primeiro nestes dois últimos eventos, mas estar em uma posição tão forte no ranking é incrível para minha confiança quando a temporada do CT começar. Havia tantos brasileiros na praia me apoiando que estava muito incrível. Tem sido uma ótima semana em Manly e agora é hora de mudar meu foco para o Snapper, que começa na próxima semana”, disse Jadson que venceu em Noronha e que foi vice também em Merewether Beach, Newcastle.

Jadson André e Jordan Lawler. Foto: WSL / Dunbar.

Jadson André e Jordan Lawler. Foto: WSL / Dunbar.



Neste domingo Jadson deu show no caminho até a final, fazendo as duas maiores notas do dia entre os homens. Nas quartas escovou uma direita (8,17) e superou o peruano Alonso Correa que perdeu precisando de 8,83. Na semi o brasileiro foi ainda melhor e não deu qualquer chance para o australiano Matt Banting. Na melhor apresentação (8,83) Jadson executou um aéreo perfeito numa esquerda e deixou Matt precisando de uma combinação de notas (16,66) para reverter o placar.

A final foi contra Jordan Lawler, australiano que impediu uma final brasileira ao vencer Jesse Mendes nas semifinais por 12,44 a 10,13. Tanto Jordan quanto Jadson surfaram muitas ondas e o australiano achou as melhores pra ser o campeão da prova.

Jesse Mendes. Foto: WSL / Smith.

Jesse Mendes. Foto: WSL / Smith.



Com o resultado Jadson somou mais 4.500 pontos no ranking, chegando a 15.000 em apenas três etapas disputadas. O segundo lugar é Matt, seguido do aussie Jack Robinson (3º), do campeão do evento Jordan (4º), do brasileiro Alex Ribeiro (5º) e do peruano Miguel Tudela (6º). Com o terceiro lugar no Sydney Surf Pro Jesse subiu para a décima posição e Yago Dora aparece em 11º.

Feminino

No evento feminino deu Alessa Quizon, havaiana que tenta retornar a elite do surf. Alessa superou a australiana Isabella Nichols pelo placar apertado de 12,77 a 12,66.

Alessa Quizon. Foto: WSL / Dunbar.

Alessa Quizon. Foto: WSL / Dunbar.



A melhor brasileira na etapa foi Tatiana Weston-Webb, que terminou em quinto após perder nas quartas de final para Isabella.

Veja também:

Comentários