QS Sydney 2018 - Miguel, Lucas e Alejo já no round 3

Além deles outros 20 brasileiros seguem vivos na competição


O Brasil já tem três surfistas classificados para a terceira fase do QS 6000 de Sydney, disputado nas ondas australianas de Manly Beach: Miguel Pupo, Lucas Silveira e Alejo Muniz. Mas esse número vai crescer, já que outros 20 brasileiros ainda vão competir pela fase, sendo que 11 vão fazer a estreia na prova e nove já competiram e passaram pelo primeiro round.

Raoni Monteiro. Foto: WSL / Ethan Smith.

Raoni Monteiro. Foto: WSL / Ethan Smith.



O grande destaque da competição até o momento é Mateus Herdy, que estreou com a maior média: 16,80 pontos. Além dele, Hizunome Bettero, Rafael Teixeira, Samuel Pupo, Thiago Guimarães, Heitor Alves, Raoni Monteiro, Wesley Dantas e Robson Santos também passaram pela fase 1.

Jadson André, Michael Rodrigues, Wiggolly Dantas, Flavio Nakagima, Alex Ribeiro, Bino Lopes, Ian Gouveia, Tomas Hermes, Deivid Silva, Willian Cardoso e Peterson Crisanto vão estrear no segundo round.

As baixas brasileiras foram Marcos Correa, Vitor Mendes, Jerônimo Vargas, Yuri Gonçalves, Gabriel Farias, João Chianca, Luel Felipe, David do Carmo, Thiago Camarão, Yagê Araújo, Marco Fernandez, Victor Bernardo e Jessé Mendes, esse último na segunda fase.

Feminino

O evento também conta com disputas femininas que também tem nível 6000. O Brasil estreou na primeira bateria do evento, mas Tainá Hinckel foi eliminada. Silvana Lima agora é a única atleta tupiniquim viva na prova. Ela estreia na terceira fase.

Próxima chamada

A próxima chamada para a o evento acontece nesta terça-feira às 17h (horário de Brasília).

Veja as disputas AO VIVO.

Comentários