Wave Giant - Marcos Corrêa compete nas etapas do QS na Austrália

“Este ano também quero ficar entre os 10 melhores do ranking para entrar no CT em 2019”


Marcos Corrêa embarcou para a Austrália dias atrás, iniciando assim, sua rotina competitiva nas etapas do QS no ano de 2018.

Marcos Corrêa. Foto: @murilolimaphoto.

Marcos Corrêa. Foto: @murilolimaphoto.


 
O atleta de São Vicente (SP) teve seu primeiro compromisso no Burton Automotive Pro, etapa de nível 6.000 realizada em Newcastle na região de New South Wales, mas acabou perdendo na primeira fase do evento, com o mar apresentando difíceis condições.
 
“Acabei perdendo cedo aqui em Newcastle”, lamenta o surfista.
 
Após a derrota, Marquinhos segue treinando forte para Manly Beach (também na região de New South Wales) para competir na 11ª etapa da divisão de acesso a elite do surfe mundial. O evento também possui o nível 6.000 e será realizado entre os dias 26 de fevereiro a 04 de março.
 
“Eu quero fazer um grande resultado em Manly! Estou muito bem treinado fisicamente e no surfe também. Venho surfando todos os dias e agora é só manter o foco, ir para cima, dar o meu melhor e ser cada vez mais radical nas baterias”, falou-nos.
 
Para fechar sua participação na Austrália, o atleta ainda participará da etapa em Avoca Beach, New South Wales, que será realizada entre os dias 07 a 11 de março.
 
Voltando da Austrália, o surfista que representa a equipe WG mundo afora, ficará apenas um dia no Brasil e já embarcará para o Caribe, onde competirá nos eventos em Martinica e Barbados.
 
“Quero garantir bons resultados no início do ano para poder competir nos eventos prime. Eu já posso correr o prime de Ballito (África do Sul) e quero confirmar minha participação no evento prime de Huntington Beach (Califórnia, Estados Unidos). Este ano também quero ficar entre os 10 melhores do ranking para entrar no CT em 2019”, finaliza Marcos.

Comentários