De Olho no Tour #68 - Medina x John John: decisão será em Pipeline grande

Os brasileiros já classificados para a elite em 2018, as finais do CT Feminino, as mudanças no tour e muito mais também são assuntos debatidos no episódio



Está no ar o episódio #68 do programa De Olho no Tour. “Medina x John John: decisão será em Pipeline grande” tem as opiniões dos especialistas em surf Marcelo Andrade e Marcelo Boscoli sobre vários assuntos que estão em pauta no mundo do surf neste fim de ano.

O principal é a briga pelo título mundial entre Gabriel Medina e o havaiano John John Florence, mas as finais do CT Feminino, que terminou como a australiana Tyler Wright bicampeã mundial e com vitória da também aussie Stephanie Gilmore em Maui, também são comentatas, assim como os brasileiros classificados para o CT Masculino pelo ranking QS e as mudanças no tour.

Confira:

Facebook: De Olho no Tour

INSCREVA-SE no canal DE OLHO NO TOUR do Youtube e saiba em primeira mão quando for lançado um novo episódio.

Imagens
Carlos Matias @carlosmatiasrj, WSL, Rip Curl, Quiksilver e Ian Tavares.

Edição
Carlos Matias

Música
Watch It Glow - Silent Partner

Apoio de mídia
Ricosurf

* Carlos Matias é Jornalista Profissional e Editor de Jornalismo do site Ricosurf.Globo.com com dezenas de coberturas de etapas do mundial no Brasil e no Hawaii. Matias foi Produtor Executivo na Rádio Globo, produziu dezenas de eventos culturais e esportivos e foi Assessor de Imprensa em várias empresas e instituiçoes como a Ponte Rio-Niteroi, o Instituto de Previdência do Estado do Rio de Janeiro e a Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

* Marcelo Andrade tem 39 anos de experiência no surf, seja como competidor, técnico, Presidente e Diretor de associações, empresário, dono de surfshop, produtor de tv, comentarista de transmissões ao vivo e colaborador de veículos de comunicação. Marcelo Andrade escreve e dirige o blog Surf 100 Comentários.

* Marcelo Boscoli, surfista há 43 anos, foi atleta profissional nos anos 80 e venceu várias competições no Brasil. Foi um dos primeiros brasileiros a participar de etapas do circuito mundial profissional e competiu na Austrália, África do Sul, Europa, Hawaii e aqui no Brasil. Como Master foi campeão dos Circuitos da Prainha-RJ e Arpoador (bicampeão) e ficou em sétimo lugar no mundial da categoria em Porto Rico. Marcelo Boscoli também já foi comentarista oficial da WSL em algumas etapas do Circuito Mundial.

Comentários