Vídeo Oi Rio Pro 2018 - Deivid Silva e Taís de Almeida vencem a triagem

Paulista e saquaremense completam o time brasileiro da quatro etapa do CT 2018



O paulista Deivid Silva e a saquaremense Taís de Almeida venceram a triagem do Oi Rio Pro 2018. As duas baterias rolaram nesta quinta-feira em ondas de 1m a 1,5m no point de Itaúna, o palco principal do evento.

Pontualmente às 9h teve início a triagem da FESERJ - Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro. As meninas foram as primeiras a competir e Taís de Almeida começou com uma boa manobras, uma forte rasgada. Na sequência a catarinense Taína Hinckel pegou uma boa esquerda e entrou na briga. Kayane Reis, também saquaremense, foi entrando no jogo aos poucos, mas Taís soltou três manobras de frontside na esquerda de Itaúna, arrancou mais de sete pontos dos juízes, assumiu a liderança e não saiu mais. Kayane foi entrando no ritmo e tentou ameaçar, mas terminou em segundo lugar. Em último ficou a ubatubense Luana Coutinho que não entrou em sintonia com o mar de Itaúna.

Taís é uma surfista muito experiente e tem vários resultados expressivos no currículo. Ela é recordista de títulos na Seletiva Petrobras, um circuito nacional, e fez finais em etapas do QS em Haleiwa, no Hawaii, e na Inglaterra. A surfista entrou na triagem ao ser indicada pela Associação de Surf de Saquarema, enquanto Kayane competiu por ser a atual campeã carioca, a catarinense Tainá Hinckel pelo ranking do QS e a ubatubense Luana Coutinho por ser a campeã brasileira de 2017.

No masculino entraram o paulista Thiago Camarão, atual campeão brasileiro, José Eduardo, campeão carioca de 2017, Léo Neves, vencedor da triagem local, e o paulista Deivid Silva, pelo ranking do QS.

Ao contrário da bateria feminina, a masculina começou com muitas ondas surfadas. Melhor para Deivid que pegou três esquerdas rapidamente, duas delas formaram o seu somatório. Thiago Camarão caçou as intermediárias e com um surf bonito ameaçou, mas não conseguiu tirar o primeiro lugar de Deivid. Léo Neves achou uma boa no meio do duelo e terminou em terceiro e José Eduardo começou os trabalhos numa esquerda com potencial para nota alta, mas forçou na segunda manobra, um layback, e caiu. O buziano ficou em quarto lugar.

Primeira chamada do Oi Rio Pro

A primeira chamada para o Oi Rio Pro 2018 acontece às 6h30 para um possível início às 7h, no horário de Brasília.

Assista ao Oi Rio Pro AO VIVO.

Veja como foi o treino da quarta-feira e mais abaixo como ficaram as baterias da primeira fase:



Primeira fase do Oi Rio Pro 2018 em Saquarema

1.a: Filipe Toledo (BRA), Kanoa Igarashi (JPN), Ian Gouveia (BRA)

2.a: Jordy Smith (AFR), Tomas Hermes (BRA), Miguel Pupo (BRA)

3.a: Owen Wright (AUS), Wade Carmichael (AUS), Wiggolly Dantas (BRA)

4.a: John John Florence (HAV), Joan Duru (FRA), Mikey Wright (AUS)

5.a: Gabriel Medina (BRA), Jessé Mendes (BRA), Alejo Muniz (BRA)

6.a: Julian Wilson (AUS), Patrick Gudauskas (EUA), Deivid Silva (BRA)

7.a: Italo Ferreira (BRA), Connor O´Leary (AUS), Keanu Asing (HAV)

8.a: Adriano de Souza (BRA), Griffin Colapinto (EUA), Michael February (AFR)

9.a: Michel Bourez (TAH), Conner Coffin (EUA), Yago Dora (BRA)

10: Adrian Buchan (AUS), Sebastian Zietz (HAV), Ezekiel Lau (HAV)

11: Matt Wilkinson (AUS), Jeremy Flores (FRA), Willian Cardoso (BRA)

12: Kolohe Andino (EUA), Frederico Morais (PRT), Michael Rodrigues (BRA)

Primeira fase Feminina do Oi Rio Pro 2018

1.a: Sally Fitzgibbons (AUS), Nikki Van Dijk (AUS), Coco Ho (HAV)

2.a: Tyler Wright (AUS), Caroline Marks (EUA), Bronte Macaulay (AUS)

3.a: Stephanie Gilmore (AUS), Malia Manuel (HAV), Taís de Almeida (BRA)

4.a: Lakey Peterson (EUA), Sage Erickson (EUA), Pauline Ado (FRA)

5.a: Carissa Moore (HAV), Silvana Lima (BRA), Paige Hareb (NZL)

6.a: Tatiana Weston-Webb (BRA), Johanne Defay (FRA), Keely Andrew (AUS)

Comentários