Galeria Surf Trip - 2 meses na Nicarágua

Fotógrafo Manoel Campos no país conhecido por ter vento terral 330 dias por ano


O fotógrafo Manoel Campos foi convidado a trabalhar no hotel Miramar Surf Camp localizado no norte da Nicarágua, por dois meses. O hotel fica em cima de um cliff com uma vista previlegiada de frente para a melhor onda da região ou talvez a melhor do país.

Visual do Miramar Surf Camp. Foto: Manoel Campos.

Visual do Miramar Surf Camp. Foto: Manoel Campos.



Punta Miramar é um constante point break com esquerdas longas e tubulares de qualidade internacional. Mais ao lado tem outra onda chamada Pipes, com direitas e esquerdas tubulares. Shacks and Shifts são as boas opcções na maré cheia e fica a 5 minutos de caminhada do hotel.

Caso nenhuma dessas ondas esteja funcionando, o hotel disponibiliza para os hóspedes um barco todos os dias para surfar Salinas Grande, um beack break tubular com vários picos de direitas e esquerdas.

Puerto Sandino seria outra opção, uma onda de boca de rio muito tubular, mas não quebra desde 2016 porque precisa de mais areia na bancada de pedra. E para surfistas mais experientes tem uma onda ao lado de um molhe de pedras chamada Suicides com esquerdas tubulares potentes.

“Miramar Surf Camp é um lugar mágico. Estou muito contente em ter feito parte dessa família. O hotel fica praticamente na areia, muito aconchegante e com um ótimo staff, além da comida incrivel.

Nicarágua é conhecida por ter vento de terral 330 dias ao ano. Apesar estar fora de temporada, eu fiz mais de 10.000 fotos. Tive a oportunidade de conhecer o surfista profissional, Philippe Chagas de Ubatuba que atualmente reside em San Clemente na Califórnia, e produzimos dois vídeos. Eu já fui convidado para trabalhar lá novamente”, contou Manoel Campo.

www.miramarsurfcamp.com
Confira o Facebook e Instagram @miramarsurfcamp.

Para contactar o fotógrafo para surf sessions ou surftrips escreva para manoelcamposh2o@hotmail.com.

Comentários