Wahine Bodyboarding Pro promete ser uma das maiores etapas do Circuito Brasileiro em todos os tempos

BODYBOARDING


 

Neymara Carvalho no cartaz do evento

Quase 90% das vagas já foram preenchidas para etapa que acontece entre os dias 23 e 26 de setembro, na Barra do Jucu, em Vila Velha (ES)

A confirmação do Wahine Bodyboarding Pro como etapa de abertura do Circuito Brasileiro de Bodyboard, programada para ocorrer entre os dias 23 e 26 de setembro, na Barra do Jucu, em Vila Velha (ES), movimentou os atletas espalhados por todo país. Todos aguardavam ansiosamente pela confirmação da etapa e a expectativa se concretizou. Já são quase 90% das vagas preenchidas nas categorias Profissional, Open, Master, todas nos naipes masculino e feminino, além da Sub-16 Masculino.

Com premiação de R$21.600,00 para as categorias profissionais e os pontos para a corrida do título brasileiro em jogo, os atletas aderiram ao evento em peso. Na categoria Profissional Masculino estão confirmados, entre os top-16, o campeão mundial Uri Valadão (BA), o tricampeão mundial do ISA Games Eder Luciano (SC), o bicampeão mundial Pro Junior Sócrates Santana (RJ), além de grandes nomes do estado capixaba, como Lucas Nogueira e Lucas Rodrigues.

"Nem acredito que vamos voltar a competir em um evento nacional. A espera foi grande, mas chegou a hora de voltarmos aos campeonatos. Vai ser muito bom rever os amigos do circuito e poder pegar altas ondas na Barra do Jucu. Estou bem ansioso para a competição e espero lutar por um bom resultado", afirma Eder Luciano.

Entre as mulheres, além da pentacampeã mundial Neymara Carvalho, mais duas capixabas aparecem como favoritas, Maylla Venturim e Maira Viana, campeã brasileira em 2018. Além das três atletas da casa, a gaúcha Joselaine Amorim, atual campeã nacional, e Francis Aoto (PR), fazem parte das tops do circuito.

"Estamos muito ansiosos e felizes com o que está acontecendo. Nós sabíamos que a adesão dos atletas seria grande, pois já são quase dois anos sem etapas. No entanto, não esperávamos que fosse ser tão grande a procura. Com certeza será uma etapa que ficará marcada para a história, especialmente nessa retomada", explica Neymara Carvalho, que no último final de semana levou o título da etapa de abertura do estadual capixaba.

Protocolos:

Para a segurança dos mais de 150 atletas esperados, equipe de apoio e demais envolvidos com o Wahine Bodyboarding Pro, serão realizados testes de Covid-19 durante o credenciamento dos atletas. A medida faz parte do protocolo para evitar o contágio e será oferecida de forma gratuita aos atletas pela organização do evento.

Sobre o Wahine Bodyboarding Pro

A etapa de abertura do Circuito Brasileito de Bodyboarding 2021 recebe o nome de "Wahine", que significa "mulher" na língua havaiana. O resgate da conexão com os povos indígenas das ilhas do Havaí inspira o evento esportivo marcado para a segunda quinzena de setembro em Vila Velha.

Além disso, foi em águas havaianas um dos pódios mais emblemáticos de Neymara Carvalho. Ao sair da Barra do Jucu, ela consagrou seu nome no cenário do bodyboarding internacional, sendo a campeã de uma das mais acirradas disputas do Mundial, na Praia de Pipeline, em 2006 e 2011.

Premiação:

O evento oferece R$21.600,00 em dinheiro para as categorias Profissionais, além de pranchas, nadadeiras, troféus e kits para todos os finalistas das categorias amadoras.

O Wahine Bodyboarding Pro é uma realização do Instituto Neymara Carvalho e conta com o patrocínio do Governo do Estado do Espírito Santo e apresentação da ArcelorMittal. A supervisão da etapa é da CBRASB - Confederação Brasileira de Bodyboarding. A primeira etapa do Circuito Brasileiro de Bodyboarding conta com o apoio da Pena, Genesis, Real Café, Prefeitura de Vila Velha, Enseado do Suá, VEXS, Farmácia São Rafael, Cabana do Açaí e Misare.

Comentários