VII Jericoacoara Cultura Longboard Surf Festival

Jericoacoara se prepara para receber os maiores astros dos pranchões do Brasil e da América Latina


 

Carlos Bahia campeão brasileiro de longboard profissional em 2020 - Foto: Lima Jr. 

Entre os dias 09 e 12 de dezembro a famosa Praia de Jericoacoara irá se transformar na CapitalBrasileira do longboard durante o VII Jeri Cultura Longboard Festival. O evento, além de valer como segunda e última etapa do circuito brasileiro de longboard, definindo os nomes dos campeões nacionais, também passará a ter status internacional com a realização do ALAS/HPFC, Circuito que celebra a parceria entre a Associação Latino-Americana de Surf e o High Performance Freestyle Championship.Segundo Marcelo Bibita, chancelar o evento como uma etapa de um circuito internacional é um grande passo e amplia bastante o alcance do evento:

"O HPFC é um evento que valoriza a high performance e ao mesmo tempo, coloca Brasil e Hawaii na mesma plataforma de competição. No Brasil os locais escolhidos foram a Praia da Macumba-RJ e Jericoacoara. Isso comprova o que já vimos dizendo há alguns anos, que Jericoacoara é um dos melhores picos para a prática de longboard no mundo. E agora, os talentos locais terão mais uma janela de visibilidade e uma grande porta aberta para o intercâmbio esportivo e cultural. Sempre acreditei que Jericoacoara seria reconhecida como um spot internacional de long. E ver tudo isso acontecendo é para nós, motivo de muita alegria", declarou Bibita.

O cartaz do evento

Brasil do Surfe

A expectativa é que, a exemplo dos últimos anos, os principais nomes nacionais do longboard marquem presença no paraíso das direitas e do pôr do sol mais famoso do Ceará. Phill Rajzman, Jefson Silva, Carlos Bahia e muitos outros astros e estrelas, já confirmaram presença, e alguns já estão em solo cearense.

Sou Latino-Americano

A grande novidade deste ano é que, dessa vez, os brasileiros não serão os únicos ídolos presentes. Grandes nomes do longboard da América Latina já confirmaram presença e serão as grandes atrações do ALAS/HPFC, circuito criado a partir da parceria entre a Associação Latino-Americana de Surf e os organizadores do High Performance Freestyle Championship, com o objetivo de promover o desenvolvimento do longboard e das performances dos competidores através da realização de eventos especiais que adotam um sistema de julgamento que confere igual importância tanto ao estilo clássico, quanto à performance.

Eduardo Bagé - Foto: Lima Jr.

Importante: esse critério de julgamento será exclusivo do ALAS/HPFC, que divide o julgamento em 50/50-Clássico/Performance. As demais categorias do Festival seguem o modelo internacional da WSL, com o critério de julgamento voltado para o Clássico.

Experiências Tropicais e Culturais

Visitar Jericoacoara por si só já representa uma experiência incrível! Em se tratando de esportes, o primeiro a descobrir Jeri foi o windsurfe, ainda nos idos dos anos 1980. Mais recentemente foi a vez do Kite e do Wing conquistarem seu lugar ao sol. Mas, nenhum esporte cresceu tanto em Jeri quanto o longboard, que nos últimos anos vem povoando os sonhos de todos os praticantes da modalidade mais clássica do esporte dos Reis Havaianos no Brasil. Todos querendo surfar nas longas e perfeitas direitas da Praia da Duna do Por do Sol, além de vivenciar a atmosfera inigualável que torna esse lugar um dos principais destinos turísticos do brasil.

Mas, quem visitar Jeri durante o Festival poderá aproveitar muito mais do que apenas selfies com grandes ídolos ou fotos incríveis para suas redes sociais em alguns dos lugares mais instagramáveis do litoral brasileiro. Várias atividades estarão acontecendo na Jeri Long City, uma vila montada ao lado do evento. A estrutura estará centralizando as várias atividades culturais relacionadas ao evento como a Mostra de Cinema, Exposição de Fotos, Oficinas, Feira de Surf, Festas, Jeri Long Cast e muito mais. Além disso, atividades multiesportivas como o Desafio da Pedra Furada (que reunirá Canoa Havaiana, Sup, Wing Foil, Kite e Windsurfe), Ritual Auêra-Auára, Ações Ambientais, Surf Adaptado, dentre outras ações, serão atividades em que todos os presentes, sejam atletas ou simpatizantes, poderão se envolver e participar.

Antonio Vitor - Foto: Lima Jr.

Tudo isso e muito mais é o que aguarda todos que se fizerem presentes à sétima edição do mais tradicional evento do longboard do Norte/Nordeste do Brasil.

Premiação

Entre os profissionais a premiação será composta por R$ 20.000 (vinte mil reais), distribuídos igualitariamente entre homens e mulheres da categoria Profissional e mais 2.000 US$ (dois mil dólares) para o ALAS/HPFC.Para os amadores a premiação será composta de pranchas Collection e Blocos Teccel, além de kits e troféus para todos os finalistas.

Mais informações

Para mais informações visite o nosso site, o www.jerilongfestival.com.br ou entre em contato diretamente com o Marcelo Bibita através do +55 85 98125.7191 (Whatsapp).



 

Comentários