Adriano de Souza - A luta continua

Sexto na corrida pelo bicampeonato do Mundial de Surf, Mineirinho compete em Trestles buscando se manter vivo na disputa


A temporada 2017 da World Surf League vem sendo considerada a mais aberta dos últimos anos. Passadas sete etapas e restando quatro para o fim - o que representam 40 mil pontos no ranking, os dez primeiros da tabela ainda possuem chances de chegar em Pipeline em condições. O melhor brasileiro nesta corrida vem sendo Adriano de Souza, o Mineirinho.

Adriano de Souza. Foto: divulgação.

Adriano de Souza. Foto: divulgação.



Sexto com 29.650 pontos, Mineirinho está 8.200 atrás do atual líder, o sul-africano Jordy Smith. O mais curioso é que, cada um dos seis primeiros venceu uma etapa neste ano - a única exceção é Filipe Toledo, o nono. E isso mostra que uma nova vitória poderá fazer muita diferença na busca pelo campeonato, uma vez que todo mundo está jogando com a regularidade.

"A regularidade faz muita diferença. No meu caso, as três últimas etapas em que fui 13º me jogaram para sexto, mas isso não foi exclusividade minha, pois até o líder terminou uma das últimas três etapas nesta posição. Esse panorama só mostra que não podemos mais errar se quisermos chegar na última etapa com chances, o que é meu objetivo", comenta.

O retrospecto de Mineirinho em Trestles, na Califórnia (EUA), palco da próxima etapa é de altos e baixos. De 2012 para cá foi um segundo lugar (2015), um terceiro (2012), um quinto (2014) e um nono (2013). "Falta uma vitória aqui! Esta etapa é muito especial para mim pois foi muito importante na disputa do título que venci. E gosto muito daqui. Os resultados recentes me inspiram a melhorar ainda mais as marcas que tenho aqui", completa Mineirinho.

A próxima chamada para a etapa de Trestles acontece nesta sexta-feira, às 11h30, no horário de Brasília.

Assista as disputas AO VIVO.

Comentários