Apostando no compartilhamento de pranchas, Dropar Surf Club promete revolucionar o mercado do surf brasileiro

MERCADO


 

Trekinho em meio aos foguetes - Foto: divulgação

Você planeja uma surf trip, investe alto para ter um bom quiver e viajar com todas as pranchas, mas no segundo dia da viagem suas principais pranchas estão quebradas. Em meio aquela viagem de negócios, você antecipou todas as tarefas e sobrou um tempo para cair no mar, mas não tem prancha para desfrutar desse momento.Ao procurar uma prancha nova, você não sabe qual escolher e não tem como fazer um test drive da nova nave. Se você é surfista, certamente já se deparou com alguma dessas situações, certo? Pois a Dropar Surf Club promete solucionar esses problemas, tendo no compartilhamento o solucionador de problemas do dia a dia dos surfistas.

Buscando revolucionar o mercado do surf no Brasil, a Dropar iniciou sua operação no último dia 04/01/2021 e surge como uma plataforma de aluguel de pranchas. Através do site www.dropar.com.br, o usuário terá diversos planos de assinatura à disposição, podendo escolher marcas e modelos de pranchas que estão entre as melhores do mundo. E olha que entre as opções estão algumas naves, como Al Merrick, Pyzel, Chilli, Stretch, JS, Ogro, entre outras.

A plataforma inova e traz pranchas para todos os gostos

"A Dropar entra no mercado para quebrar paradigmas. Nós ofertamos aluguel das melhores marcas do mercado a um excelente custo-benefício. O surfista não precisa mais investir altas quantias para ter uma prancha que já esteve nos pés de um campeão mundial, por exemplo. Seja qual for o nível de surf, a onda, o objetivo do surfista, a Dropar tem as pranchas para todos os mares" garante Fernando Peressutti, CEO e fundador da Dropar.

Foi justamente a partir de algumas experiências de Fernando, surfista desde os 10 anos de idade, que surgiu a ideia. Além de ter se decepcionado com algumas pranchas que comprou e não funcionaram, em uma surf trip que fez para a Indonésia, levou uma biquilha para pegar o tão sonhado mar perfeito, mas acabou quebrando a prancha na primeira onda.

"A Dropar surge para fazer com que as pessoas possam experimentar, surfando com o maior número possível de pranchas, quilhas, tipos de ondas e condições do mar. É caro ter um bom quiver e a Dropar soluciona esse problema oferecendo as pranchas que o surfista precisa ter em sua rotina. Nós vivemos a era do compartilhamento, com diversas ideias inovadoras que revolucionam segmentos no Brasil e no Mundo. Acredito que o surf ainda tem muito a evoluir nesse sentido "projetou.

Para conquistar o exigente e concorrido mercado brasileiro, a Dropar aposta alto em qualidade, desde a escolha das pranchas e quilhas, passando pelos parceiros estratégicos e chegando à operação no berço do surf no país, o Rio de Janeiro. Nesta primeira etapa, o funcionamento da Dropar se dará em pontos espalhados pelas praias cariocas.

"Contamos com parceiros que foram essenciais para que a Dropar saísse do papel. Nossos pontos de retirada estão em locais consagrados, como a Praia da Macumba, no Longboard Paradise, e a Praia do Pepê, no Clássico Beach Club. Além disso, contamos com um sócio fundamental nessa engrenagem, que nos traz conhecimento diário, que é o Trekinho. Acreditamos que é um modelo de negócio que tem tudo para conquistar os surfistas" explica o COO Alexandre Fontes Filho, o Xandinho, que acumula uma vasta experiência no mundo do surf brasileiro e mundial.

Como bem lembrou Xandinho, quem também faz parte do projeto é o surfista Marcelo Trekinho, referência para toda uma geração de fãs do esporte. Sócio e atleta da marca, Treko é a cara da Dropar, carregando em seu DNA um lifestyle de muita vibe e surf com os amigos.

"De cara, eu fiquei encantado com o projeto da Dropar. Todas as nossas pranchas são alugadas com um kit que contêm capa, quilha, leash e parafina. É uma excelente iniciativa, que atende diretamente a quem sonha em surfar com uma nave e não tem como comprar, ou simplesmente não quer ter o trabalho de viajar ou levar a prancha até a praia. Perceba que agora você pode viajar para o Rio de Janeiro sem levar prancha, além de ter a possibilidade de alugar pranchas para montar um bom quiver para uma surf trip", destacou Trekinho.

Para surfar com uma prancha da Dropar, é muito simples. Basta acessar a plataforma, escolher sua prancha, retirar no local escolhido e curtir seu dia de surf sem preocupações. Então, quando você quiser surfar, já sabe que pode experimentar esse novo formato. E, seja qual for seu tipo de surfista, a prancha mágica vai estar disponível na Dropar Surf Club.

 

Comentários