Artigo-homenagem: Ze Alla, o mais esperto surfista de sua geração

LUTO


 

Com os Bronzed Aussies: - Peter Towned, Ian Cairns, Cheyne Horan e Jim Banks estão Ze Alla, Cadu Alla, Osvaldo Alla, Breno Sivak, Azara, Marcelo e Paulo Fernandes e outros da galera do camping ABC

O grande objetivo na vida, pós adolescência, é conciliar o trabalho com o lazer. E nenhum outro, da imensa tribo dos surfistas cariocas, combinou esta máxima melhor do que o Jose Carlos. Sua história, enquanto surfista, se inicia na década de 70 quando existia um pequeno camping, ha muito extinto, chamado ABC, que ficava nos fundos do grande CCB que até hoje esta lá, na frente da praia da macumba. Ali, por anos, a família Alla, eu e outros amigos, tivemos nossas barracas de camping que ficavam montadas direto e onde guardávamos as nossas pesadas pranchas ´mini models` da época, pois como éramos crianças não tínhamos carro pra chegar lá a ficava mais fácil a locomoção sem a prancha. Inúmeras vezes pegávamos um ônibus descíamos onde hoje é o Recreio Shoping e andávamos o quilômetro da estrada do Rio Morto para chegar no camping onde nossas pranchas e a bicicletas nos esperavam.

Zé com seus filhos Igor e Rafael - Foto: instagram

Ali aprimorávamos nosso surf e, dentre outras tantas, a dirigir.Lembro ter trocado um relógio de mergulho por uma VW Variant toda engatilhada e, certa vez, saí com o Zé para praticar a troca de marchas e acabamos batendo e derrubando um poste. Quando saímos para avaliar o dano, vi que tinha uma placa que se soltara do poste, que quebrou, e nela estava escrito: Estrada do Pontal. Até hoje ela faz parte da decoração da minha casa e traz a lembrança de uma época de ondas perfeitas, despoluídas e sem crowd na Prainha e na Macumba. 

Alla fazendo o que mais gostava, surfar! Foto: Luciano Cabal

E a alguns anos atrás o Ze fez sua jogada de mestre, voltando a ter endereço na Estrada do Pontal, mas, desta feita, um endereço comercial de seu negócio, na Prainha, onde passou a ser sócio gerente do iconográfico quiosque ( Soul Prainha Rio) no meio da Praia, a 20 passos da água e se tornou o surfista carioca que, sem dúvida, surfou mais vezes e escolheu os melhores momentos de todos os mares surfáveis desta última década e, como não poderia deixar de ser, embarcou na sua trip eterna da maneira que todo surfista sonha, ou seja...surfando.

E agora se tornou uma estrela que da seus cadentes e longos cut backs. Para sempre.
Aloha Ze!!

 

Comentários