Comunidade do surf unida: Ajude a família de Leo Neves

SOLIDARIEDADE


 

Família Neves

Morte precoce 

A morte inesperada e trágica do ídolo Leo Neves, pai de quatro filhos, pegou todos de surpresa, mas amigos agora focam em ajudar a família a se reestruturar. 

A morte precoce de Leo Neves abriu feridas que ainda vão demorar a cicatrizar. Amigos e fãs do surfista de um estilo power ainda tentam assimilar o que aconteceu, mas quem sofre mais é a família. Além da gigantesca dor da perda de um ente querido, a esposa e os quatro filhos vão ter que encarar nos primeiros meses a falta do provedor.

 

 

 

Leo com seu caçula

Para tentar ajudar os cinco, amigos lançaram uma vaquinha online para doações, ato muito comum em diversas partes do mundo e que auxiliam as famílias que passam por momentos de extrema dor até que elas se reergam.Para participar basta acessar o link http://bit.ly/apoio_filhos_leoneves e contribuir com qualquer valor. A ajuda pode ser feita com cartão de crédito, boleto entre outras formas.

O bicampeão brasileiro e tricampeão carioca sofreu um mal súbito no último domingo (24) em Itaúna, Saquarema, pico que ele conhecia como poucos, e abalou o mundo do surfe. Leo Neves também representou o Brasil na elite do surfe em duas temporadas (2007 e 2008) e chegou a marcar uma nota 10 no histórico evento do Chile, disputado nas pesadas ondas de Arica.

Atualmente Leo atuava como treinador de atletas da nova geração, além de fazer pranchas e apoiar diversos atletas. Além disso ele competia em alguns eventos e no ano de 2015, na tentativa de retorno do Circuito SuperSurf, Leo foi vice-campeão da etapa da Joaquina, em Florianópolis (SC) terminando o ranking na sexta posição.

Comentários