CT Trestles 2017 - Filipe, Medina e Adriano vencem na estreia

Dia foi marcado pelas séries demoradas de ondas pequenas e pelas eliminações precoces de dois candidatos ao título mundial


Finalmente começou a oitava etapa masculina do CT 2017. Em ondas que chegaram no máximo a um metrinho no pico de Lower Trestles, que apareciam no line up californiano em séries muito demoradas, três brasileiros venceram e já escreveram seus nomes na terceira fase. São eles Adriano de Souza, Gabriel Medina e Filipe Toledo. Já os também candidatos ao título mundial Owen Wright (AUS) e Matt Wilkinson (AUS) foram eliminados na repescagem e se despediram de forma precoce da competição.

Adriano de Souza. Foto: WSL / Rowland.

Adriano de Souza. Foto: WSL / Rowland.



O prova começou com uma bateria só de brasileiros e Adriano de Souza venceu com tranquilidade. O vice-campeão dessa etapa em 2015 começou de forma fraca, mas depois encaixou seu belo e limpo estilo nas direitas de Lower e mandou para a repescagem Miguel Pupo (2º) e Wiggolly Dantas (3º).

No sétimo confronto Gabriel Medina decolou bonito numa esquerda, arrancou 8,00 como melhor nota da disputa, e venceu o norte-americano Nat Young (2º) e o australiano Adrian Buchan (3º).

Gabriel Medina. Foto: WSL / Morris.

Gabriel Medina. Foto: WSL / Morris.



E o grande nome do Brasil no dia foi Filipe Toledo. O atleta que atualmente vive na Califórnia, próximo a Trestles, arrancou leite de pedra, não dispensou as ondas pequenas, aparentemente sem potencial para notas altas, e distribuiu manobras de borda e aéreas, conquistando a terceira maior nota do dia (9,43) e o maior somatório da segunda-feira (17,60). Pior para o italiano Leonardo Fioravanti (2º) e para o francês Joan Duru (3º).

Filipe Toledo. Foto: WSL / Rowland.

Filipe Toledo. Foto: WSL / Rowland.



Brasileiros na repescagem

Além de Miguel Pupo e Wiggolly Dantas, outros quatro brasileiros vão ter que disputar a repescagem. O australiano Julian Wilson foi um pouco melhor do que Caio Ibelli (2º) e Jadson André (3º) no segundo duelo do dia. Ian Gouveia sucumbiu diante do líder do ranking, o sul-africano Jordy Smith que arrancou a maior nota do dia (9,50) com fortes manobras de borda numa direita. O norte-americano Evan Geiselman ficou em terceiro lugar.

Jordy Smith. Foto: WSL / Morris.

Jordy Smith. Foto: WSL / Morris.



Derrota polêmica

O outro brasileiro que perdeu na estreia foi Ítalo Ferreira. Com um surf ágil e forte, o potiguar começou a disputa com 8,50 pontos e era o líder, até que nos instantes finais o havaiano John John Florence, que já tinha marcado 9,07, fez quatro manobras numa direita, sendo as duas primeiras fortes, e virou o resultado.

John John Florence. Foto: WSL / Morris.

John John Florence. Foto: WSL / Morris.



A derrota do brasileiro gerou muitos protestos nas mídias sociais, inclusive do empresário e técnico de Ítalo, Luiz Pinga, que escreveu “Ninguém vai falar nada da bateria do JJF?” no grupo Mesa Surfocrática, onde pessoas influentes do esporte no país discutem sobre o surf.

Melhores do dia

Além de Filipinho e Jordy, outros dois atletas fizeram muito bonito, na visão dos juízes, nesta segunda-feira. O havaiano Sebastian Zietz fez os mesmo 9,50 pontos de Jordy Smith em sua melhor apresentação, na vitória na décima bateria. O português Frederico Morais também rasgou forte e foi o melhor no 11º confronto com direito ao segundo maior score desta segunda-feira (9,47).

Sebastian Zietz. Foto: WSL / Rowland.

Sebastian Zietz. Foto: WSL / Rowland.



Eliminações de candidatos ao título mundial

Assim que terminou a primeira fase teve início a repescagem, e logo nas duas primeiras baterias, dois resultados considerados “zebras”. Na primeira Evan Geiselman encaixou seu surf e eliminou o australiano Matt Wilkison, que chegou na etapa californiana em terceiro lugar no ranking.

E no duelo seguinte o também convidado para a etapa, o japonês Hiroto Ohhara não perdeu as oportunidades que teve e mandou pra casa o atual terceiro na lista dos melhores do CT, o australiano Owen Wright, que pela primeira vez na temporada terminou uma competição em 25º lugar.

Hiroto Ohhara. Foto: WSL / Morris.

Hiroto Ohhara. Foto: WSL / Morris.



Próxima chamada

A próxima chamada para  o CT de Trestles acontece nesta terça-feira às 11h30 no horário de Brasília.

Veja as disputas AO VIVO. Confira todos os RESULTADOS.

Veja também:

Comentários