Lesão tira Mineirinho de ação por seis meses

Os médicos identificaram um estiramento parcial do ligamento colateral medial com ruptura do cruzado


Exames realizados nesta segunda-feira confirmaram a seriedade da lesão no joelho esquerdo de Adriano de Souza, sofrida durante a disputa da última etapa do Mundial da WSL em Portugal. Os médicos identificaram um estiramento parcial do ligamento colateral medial com ruptura do cruzado, o que vai exigir um período de recuperação de seis meses.

Adriano de Souza. Foto: Fabio Piva / Red Bull Content Pool.

Adriano de Souza. Foto: Fabio Piva / Red Bull Content Pool.



Com isso, o campeão mundial de 2015 está fora da etapa final do Tour, marcada para o início de dezembro em Pipeline, no Havaí. “Infelizmente a lesão era pior do que imaginava”, comenta Mineirinho. “Mas estarei firme e forte para a primeira etapa do CT de 2019. Tenho fé, vou dar o máximo de mim e vai dar tudo certo, novamente queria agradecer a todos pelas inúmeras mensagens que venho recebendo diariamente! Muito obrigado!”



Adriano de Souza agora segue a caminho de Florianópolis, cidade onde mora com a esposa Patrícia Eicke, para dar início imediato ao período de recuperação.

Comentários