Luana Silva e Ezekiel Lau vencem o MEO Vissla Pro Ericeira no pódio havaiano em Portugal

CS


 

Os finalistas: Gabriela, Luana, Ezekiel e Jackson - Foto: WSL

Só deu Havaí no MEO Vissla Pro Ericeira, com as vitórias de Ezekiel Lau, 27 anos, sobre o australiano Jackson Baker, 24, e de Luana Silva, 17, na final havaiana com Gabriela Bryan, 19, no sábado em Portugal. O Havaí agora lidera os dois rankings do WSL Challenger Series, com Gabriela se mantendo na frente e Ezekiel subindo do 34.o para o primeiro lugar, com o título nas ondas de Ribeira D´Ilhas. Luana também entrou na zona de classificação para o CT 2022, saltando da 48.a para a terceira posição. A próxima batalha por pontos é no Quiksilver Pro France, que começa no dia 16 em Hossegor, na França.

“Eu perdi minha vaga no CT anos atrás e tenho trabalhado bastante para poder voltar. Eu sabia que poderia conseguir um bom resultado nesse evento, então tentei focar ao máximo nisso", disse Ezekiel Lau. “Treinei muito para poder estar aqui no pódio e estou muito feliz pela vitória. Quero agradecer a todos que me ajudaram a chegar até aqui, minha família, minha noiva, todos que me apoiaram nos treinos e meus patrocinadores também. Agora tem a França e o trabalho ainda não foi concluído, porque meu objetivo é ganhar o ranking do Challenger Series. A vitória aqui foi apenas um passo para eu voltar ao CT".

Ezekiel Lau - Foto: WSL

Em Portugal, o Brasil parou nas quartas de final que abriram o sábado decisivo do MEO Vissla Pro Ericeira. O catarinense Alejo Muniz perdeu, por 13,50 a 10,67 pontos, para o havaiano Imaikalani Devault, recordista absoluto das duas etapas do WSL Challenger Series, com a nota 10 e os 19,60 pontos que conseguiu na quinta-feira em Ribeira D´Ilhas. Na bateria seguinte, a cearense Silvana Lima só surfou uma onda boa que valeu 7,50 e perdeu para a francesa Pauline Ado, por 15,57 a 10,07. Alejo e Silvana terminaram em quinto lugar, recebendo a mesma premiação de 3.500 dólares e 5.000 pontos no ranking.

Com o resultado desta etapa de Ericeira, João Chianca é o único brasileiro no grupo dos 12 surfistas que o Challenger Series classifica para completar a elite que vai disputar o World Surf League Championship Tour em 2022. O surfista de Saquarema (RJ) perdeu nas oitavas de final, ficou em nono lugar e subiu de 29.o para 14.o no ranking. É o penúltimo no G-12, porque tem três tops do CT já garantidos em 2022 à sua frente, Griffin Colapinto (EUA) em quinto lugar, Leonardo Fioravanti (ITA) em oitavo e Kanoa Igarashi (JPN) em nono.

Luana Silva  - Foto: WSL

Além de João Chianca, mais quatro surfistas entraram no G-12 em Portugal, o campeão Ezekiel Lau, o vice-campeão Jackson Baker e os americanos Nat Young e Cole Houshmand. O último da lista no momento é o australiano Matt Banting em 15.o lugar no ranking. Logo abaixo dele estão os peruanos Lucca Mesinas em 16.o, Alonso Correa em 17.o e os brasileiros Thiago Camarão em 18.o e Alejo Muniz, que saltou da 58.a para a vigésima posição, com o quinto lugar conquistado na Reserva Mundial de Surfe de Ericeira.

 DECISÃO DO TÍTULO MASCULINO:

Campeão: Ezekiel Lau (HAV) por 16,57 pontos (8,57+8,00) – US$ 20.000 e 10.000 pontos
Vice-campeão: Jackson Baker (AUS) com 13,27 (7,27+6,00) – US$ 10.000 e 8.000 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar com US$ 5.000 e 6.500 pontos:
1.a: Ezekiel Lau (HAV) 17,40 x 15,67 Nat Young (EUA)
2.a: Jackson Baker (AUS) 16,93 x 12,24 Imaikalani Devault (HAV)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com US$ 3.500 e 5.000 pontos:
--------- fecharam a sexta-feira:
1.a: Ezekiel Lau (HAV) 15,93 x 8,00 Jordan Lawler (AUS)
2.a: Nat Young (EUA) 18,23 x 17,56 Carlos Munoz (CRI)
---------abriram o sábado:
3.a: Jackson Baker (AUS) 15,50 x 13,50 Dylan Moffat (AUS)
4.a: Imaikalani Devault (HAV) 13,50 x 10,67 Alejo Muniz (BRA)

DECISÃO DO TÍTULO FEMININO:
Campeã: Luana Silva (HAV) por 18,03 pontos (9,80+8,23) – US$ 20.000 e 10.000 pontos
Vice-campeã: Gabriela Bryan (HAV) com 17,13 (8,83+8,30) – US$ 10.000 e 8.000 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar com US$ 5.000 e 6.500 pontos:
1.a: Gabriela Bryan (HAV) 16,50 x 16,00 Pauline Ado (FRA)
2.a: Luana Silva (HAV) 16,26 x 15,60 Ariane Ochoa (ESP)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com US$ 3.500 e 5.000 pontos:
1.a: Pauline Ado (FRA) 15,57 x 10,07 Silvana Lima (BRA)
2.a: Gabriela Bryan (HAV) 16,16 x 10,93 Shino Matsuda (JPN)
3.a: Ariane Ochoa (ESP) 15,60 x 13,10 Brisa Hennessy (CRI)
4.a: Luana Silva (HAV) 16,00 x 14,57 Bettylou Sakura Johnson (HAV)

G-12 DO WSL CHALLENGER SERIES – 2 etapas de 2021 + 1 do QS 2020:
*-vaga no CT 2022 já garantida
01: Ezekiel Lau (HAV) – 14.250 pontos
02: Jake Marshall (EUA) – 12.500
03: Imaikalani Devault (HAV) – 12.000
04: Nat Young (EUA) – 11.900
*05: Griffin Colapinto (EUA) – 10.750
05: Liam O´Brien (AUS) – 10.750
07: Jackson Baker (AUS) – 10.350
*08: Leonardo Fioravanti (ITA) – 10.000
*09: Kanoa Igarashi (JPN) – 9.750
10: Callum Robson (AUS) – 9.500
11: Shun Murakami (JPN) – 8.850
12: Cole Houshmand (EUA) – 8.750
13: Nolan Rapoza (EUA) – 8.325
14: João Chianca (BRA) – 8.250
15: Matt Banting (AUS) – 8.000
--------próximos sul-americanos até 100:
16: Lucca Mesinas (PER) – 8.000 pontos
17: Alonso Correa (PER) – 7.850
18: Thiago Camarão (BRA) – 7.650
20: Alejo Muniz (BRA) – 7.500
26: Samuel Pupo (BRA) – 6.350
28: Lucas Silveira (BRA) – 6.150
33: Wiggolly Dantas (BRA) – 5.800
35: Ian Gouveia (BRA) – 5.650
*38: Jadson André (BRA) – 5.000
44: Weslley Dantas (BRA) – 4.750
49: Alex Ribeiro (BRA) – 4.225
50: Edgard Groggia (BRA) – 4.150
*53: Deivid Silva (BRA) – 44.000
*61: Yago Dora (BRA) – 3.250
66: Mateus Herdy (BRA) – 3.150
68: Michael Rodrigues (BRA) – 3.100
69: Marco Giorgi (URU) – 3.000
72: Willian Cardoso (BRA) – 2.800
72: Jessé Mendes (BRA) – 2.800
75: Caio Ibelli (BRA) – 2.750
76: Rafael Teixeira (BRA) – 2.700
*80: Filipe Toledo (BRA) – 2.500
80: Leandro Usuna (ARG) – 2.500
86: Victor Bernardo (BRA) – 2.150
89: Marcos Correa (BRA) – 2.100
94: Lucas Vicente (BRA) – 1.800
95: Renan Pulga Peres (BRA) – 1.750
95: Leo Casal (BRA) – 1.750

G-6 DO WSL CHALLENGER SERIES – 2 etapas em 2021 + 1 do QS 2020:
*-vaga no CT 2022 já garantida
1.a: Gabriela Bryan (HAV) – 21.000 pontos
2.a: Brisa Hennessy (CRI) – 13.300
3.a: Luana Silva (HAV) – 12.100
4.a: Pauline Ado (FRA) – 11.550
5.a: Ariane Ochoa (ESP) – 11.200
5.a: Caitlin Simmers (EUA) – 11.200
--------sul-americanas até 100:
33: Silvana Lima (BRA) – 5.650 pontos
37: Summer Macedo (BRA) – 4.850
44: Daniella Rosas (PER) – 3.900
50: Sol Aguirre (PER) – 3.250
56: Dominic Barona (EQU) – 2.975
71: Josefina Ané (ARG) – 1.575
73: Anali Gomez (PER) – 1.500
94: Sophia Medina (BRA) – 700

Comentários