Medina/ASM 2017 - Daniel Adisaka quer vitória “em frente de casa”

Competição está confirmada para sábado e domingo


O fator “casa” sempre é considerado um aliado dos atletas locais, sobretudo no surf, pelo conhecimento e treino assíduo nas ondas. Apesar de ter sido criado em Ubatuba, Daniel Adisaka sabe que pode ter essa vantagem na 2ª etapa do Circuito Medina/ASM de Surf 2017, apresentado por Armarinhos Fernando, nestes sábado e domingo (1º e 2), na Praia de Maresias, em São Sebastião. As disputas serão realizadas, novamente, em frente à sede do Instituto Gabriel Medina (IGM), onde Dani treina diariamente desde o dia 1º de fevereiro.

Daniel Adisaka em Maresias. Foto: Aleko Stergiou.

Daniel Adisaka em Maresias. Foto: Aleko Stergiou.



Na etapa inicial, o surfista de 15 anos foi um dos grandes destaques, com a segunda posição na categoria sub15. Ele fez uma disputa acirrada com Kauê Germano, da vizinha praia de Juquehy e o atual campeão do Circuito. Teve, inclusive, a maior nota da final, um 8,83. Vale destacar que no ano passado, no mesmo Circuito, também fez bonito, com duas vitórias, para assegurar, de forma convincente, o seu ingresso no IGM.

Agora, Daniel sabe que competir “em frente de casa” pode ajudar para a vitória. “Com certeza. É o lugar onde treinamos sempre. A gente conhece bastante. Minha expectativa é surfar bem, competir bem. Estou com pranchas boas do Johnny Cabianca e, se Deus quiser, vou conquistar o primeiro lugar dessa vez”, diz o surfista.

Daniel Adisaka. Foto: Aleko Stergiou.

Daniel Adisaka. Foto: Aleko Stergiou.



Ele destaca a evolução nesses cinco meses de treinamento constante no IGM. No local, além do surf, incluindo até técnicas de julgamento, o atleta conta com treinos de funcional Core 360º, natação, inglês, em parceria com a Wizard, e tecnologia, com acompanhamento da Microsoft. Também recebe alimentação, atendimento médico e odontógico, bem como ações extras voltadas ao futuro como atleta, como apneia e media training.

“Melhorei muito a técnica. Esses primeiros meses renderam muito já”, relata o surfista, que estreou esse ano no QS de Mar de Plata, na Argentina, integrando o time do IGM. “Foi uma grande experiência. Competir no QS, no exterior é outro mundo. Atletas de alto nível, todos quebrando, bem diferente dos campeonatos amadores. Ajudou muito”, complementa.

Daniel Adisaka. Foto: Aleko Stergiou.

Daniel Adisaka. Foto: Aleko Stergiou.



Com três etapas, todas realizadas em Maresias, o campeonato vale como classificatório para atletas treinarem no IGM, a partir de 2018, com o convite aos campeões e vices das cinco categorias – sub15 masculina e feminina, sub13 masculina e feminina e sub11 masculina.

O Circuito Medina/ASM 2017 é apresentado por Armarinhos Fernando e é uma realização do Instituto Gabriel Medina, com a organização da Associação de Surf de Maresias (ASM) e copatrocínio da Rip Curl. Conta com a colaboração da Pousada Tambayba, Balada Mix Maresias, Prefeitura Municipal de São Sebastião, através do Departamento de Esportes Náuticos da Secretaria de Esportes, Associação de Surf de São Sebastião e Federação Paulista de Surf.

Comentários