Notícia Filipe Toledo e Tyler Wright badalam o sino da vitória no Rip Curl Pro Bells

CT


 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit.

 

O novo líder do ranking mundial, Filipe Toledo, e a australiana Tyler Wright, viveram pela primeira vez a sensação única de badalar o sino do troféu da vitória no Rip Curl Pro Bells Beach, no domingo de praia lotada na Austrália. Tyler ganhou o título no confronto de campeãs mundiais com Carissa Moore e Filipe derrotou um novato na elite deste ano, Callum Robson. Ele já tinha garantido a primeira posição no World Surf League Championship Tour 2022 no sábado e o australiano saltou do 15.o para o sexto lugar, com o vice-campeonato na sua estreia em Bells Beach.

"Quero parabenizar a WSL, porque tivemos momentos difíceis, campeonatos cancelados, num ano que o mundo parou, mas trabalharam duro para voltar o circuito no ano passado e agora aqui para Bells. É muito poder estar aqui nesse lugar especial, com muita história e eu não poderia estar mais feliz com esse presente", disse Filipe Toledo, que pegou o troféu do Rip Curl Pro Bells Beach para badalar o sino com muita força e felicidade. Ele completou 27 anos de idade no sábado, quando assumiu a liderança no ranking da temporada 2022.

Filipinho em ação -  Foto: WSL


ÚLTIMO DIA DO RIP CURL PRO BELLS BEACH 2022:

DECISÃO DO TÍTULO MASCULINO:

Campeão: Filipe Toledo (BRA) por 14,74 pts (8,17+6,57) - US$ 100.000 e 10.000 pts
Vice-campeão: Callum Robson (AUS) com 12,94 pts (7,77+5,17) - US$ 45.000 e 7.800 pts

SEMIFINAIS – 3.o lugar com US$ 25.000 e 6.085 pontos:
1.a: Filipe Toledo (BRA) 10,73 x 4,10 Ethan Ewing (AUS)
2.a: Callum Robson (AUS) 11,86 x 11,50 Jack Robinson (AUS)

DECISÃO DO TÍTULO FEMININO:
Campeã: Tyler Wright (AUS) por 16,93 pts (8,93+8,00) - US$ 100.000 e 10.000 pts
Vice-campeã: Carissa Moore (HAV) com 10,57 pts (5,77+4,80) - US$ 45.000 e 7.800 pts

SEMIFINAIS – 3.o lugar com US$ 25.000 e 6.085 pontos:
1.a: Tyler Wright (AUS) 14,23 x 13,90 Courtney Conlogue (EUA)
2.a: Carissa Moore (HAV) 14,50 x 13,77 Brisa Hennessy (CRI)

TOP-22 DO WSL CHAMPIONSHIP TOUR – 4 etapas:
1.o- Filipe Toledo (BRA) – 24.440 pontos
2.o- Kanoa Igarashi (JPN) – 18.620
3.o- John John Florence (HAV) – 16.905
4.o- Kelly Slater (EUA) – 15.980
4.o- Barron Mamiya (HAV) – 15.980
6.o- Callum Robson (AUS) – 15.770
7.o- Italo Ferreira (BRA) – 15.480
8.o- Ethan Ewing (AUS) – 14.830
8.o- Caio Ibelli (BRA) – 14.830
10.o- Miguel Pupo (BRA) – 14.415
11.o- Seth Moniz (HAV) – 14.140
12.o- Griffin Colapinto (EUA) – 13.990
13.o- Jack Robinson (AUS) – 13.490
14.o- Jordy Smith (AFR) – 12.715
14.o- Kolohe Andino (EUA) – 12.715
16.o- Connor O´Leary (AUS) – 11.290
16.o- Nat Young (EUA) – 11.290
18.o- Jake Marshall (EUA) – 10.725
18.o- Samuel Pupo (BRA) – 10.725
20.o- Jackson Baker (AUS) – 9.300
21.o- Ezekiel Lau (HAV) – 8.735
21.o- Lucca Mesinas (PER) – 8.735
-----------outros sul-americanos:
25.o- João Chianca (BRA) – 7.310 pontos
28.o- Deivid Silva (BRA) – 6.245
28.o- Jadson André (BRA) – 6.245
36.o- Miguel Tudela (PER) – 1.330
41.o- Gabriel Medina (BRA) – 1.060
41.o- Yago Dora (BRA) – 1.060

TOP-10 DO WSL CHAMPIONSHIP TOUR 2022 – 4 etapas:
1.a- Carissa Moore (HAV) – 24.295 pontos
2.a- Tyler Wright (AUS) – 23.440
2.a- Brisa Hennessy (CRI) – 23.440
4.a- Lakey Peterson (EUA) – 19.105
5.a- Johanne Defay (FRA) – 18.980
6.a- Tatiana Weston-Webb (BRA) – 17.830
7.a- Malia Manuel (HAV) – 17.765
8.a- India Robinson (AUS) – 14.710
9.a- Stephanie Gilmore (AUS) – 14.485
9.a- Courtney Conlogue (EUA) – 14.485

Comentários