Oi Rio Pro 2018 - Mulheres on fire num domingo de chuva e boas ondas

O mar de Itaúna reagiu de forma surpreendente na manhã de domingo e as mulheres foram para a água garantir o show dos que resolveram desafiar a chuva para presenciar as surfistas em ação.


Ninguém botava muita fé de que o campeonato recomeçaria nesse domingo, em pleno dia das mães. A tirar pela ondas praticamente inexistentes do dia anterior e da previsão não ter sido muito promissora para o dia 13, Saquarema mostrou mais uma vez sua conhecida mágica.

Assista ao Oi Rio Pro AO VIVO.

Praia de Itaúna na tarde deste domingo. Foto: Iuri Corsini / Ricosurf.

Praia de Itaúna na tarde deste domingo. Foto: Iuri Corsini / Ricosurf.



Em poucas horas, ao longo da manhã, o que se via era um lineup que melhorava a cada período, com ondas que amanheceram com meio metrinho transformando-se em ondas de até pouco mais de 1,0 metro nas melhores séries.

A direção não pensou duas vezes e, na chamada programada do meio dia, optou por colocar a mulherada em ação, para o término do round 2 da 4ª etapa do CT feminino.

Apesar da rápida e inesperada melhora do mar, as condições ainda estavam difíceis, com vários picos indefinidos rolando na área de competição. As meninas escolheram por ficar mais para o meio de Itaúna e conseguiram achar boas pistas para soltarem as suas manobras.

Às 12h15 a primeira bateria foi para o mar.

Sage Erickson. Foto: WSL / Poullenot.

Sage Erickson. Foto: WSL / Poullenot.



Sage Erickson e Coco Ho travaram a primeira batalha do chuvoso e nublado domingo. Melhor para a norte-americana Sage, que por um placar apertado de 9.77 contra 9,17 da havaiana garantiu sua vaga no round 3 do evento.

Logo em seguida, para dar aquela acordada na praia, Silvana Lima foi para o duelo contra a rookie australiana Bronte Macaulay. Silvana dominou as ações do início ao fim e, para a nossa alegria, não deu chances para a jovem promessa do selvagem oeste da Austrália.

Silvana Lima. Foto: WSL / Poullenot.

Silvana Lima. Foto: WSL / Poullenot.



Na sequência, mais uma brasileira na água. Dessa vez foi a campeão da triagem e local de Saquarema, Taís de Almeida, que teve a árdua missão de parar a atual vice-campeã do Oi Rio Pro 2018, a francesa Johanne Defay. Não deu para a Taís, que mesmo tendo lutado bastante, não conseguiu superar os 13.83 pontos de Johanne e deu adeus ao campeonato.

Taís de Almeida. Foto: WSL / Poullenot.

Taís de Almeida. Foto: WSL / Poullenot.



Continuando o tenso e eliminatório round 2, Nikki Van Dijk eliminou Pauline Ado, a surpreendente Caroline Marks, a norte-americana de apenas 16 anos, eliminou com propriedade Paige Hareb e na última bateria da repescagem do round 2, Malia Manuel eliminou Keely Andrew.

Veja também:



Daqui até o último dia da janela de espera, dia 20, o mar de Itaúna não vai parar de bombar. Um novo swell que está encostando por aqui vai perdurar até o próximo final de semana e com certeza teremos um surfe de altíssimo nível e com condições pesadas e desafiadoras para os atletas. Afinal, os melhores surfistas do mundo merecem o desafio de se testarem em condições desse tipo - não confundir com onda ruim, já que o potencial do Maracanã do Surfe é altíssimo e quando o bicho pega, pega para valer.

Fiquem ligados que a próxima chamada rola na segunda-feira, dia 14, às 6h45.

Assista ao Oi Rio Pro AO VIVO.

SEGUNDA FASE FEMININA – Derrota=13.o lugar com 1.543 pontos e US$ 10.000:

1.a: Sage Erickson (EUA) 9.77 x 9.17 Coco Ho (HAV)

2.a: Silvana Lima (BRA) 12.17 x 8.77 Bronte Macaulay (AUS)

3.a: Johanne Defay (FRA) 13.83 x 9.44 Taís de Almeida (BRA)

4.a: Nikki Van Dijk (AUS) 12.83 x 11.94 Pauline Ado (FRA)

5.a: Caroline Marks (EUA) 12.66 x 7.33 Paige Hareb (NZL)

6.a: Keely Andrew (AUS) 8.77 x 8.60 Malia Manuel (HAV)

TERCEIRA FASE – 1.a e 2.a=Quartas de Final / 3.a=9.o lugar com 3.085 pontos e US$ 11.500:

1.a: Tyler Wright (AUS), Sally Fitzgibbons (AUS), Keely Andrew (AUS)

2.a: Stephanie Gilmore (AUS), Nikki Van Dijk (AUS), Caroline Marks (EUA)

3.a: Lakey Peterson (EUA), Johanne Defay (FRA), Silvana Lima (BRA)

4.a: Carissa Moore (HAV), Tatiana Weston-Webb (BRA), Sage Erickson (EUA)

PRIMEIRA FASE MASCULINA – Vitória=Terceira Fase / 2.o e 3.o=Segunda Fase:

1.a: Filipe Toledo (BRA), Kanoa Igarashi (JPN), Ian Gouveia (BRA)

2.a: Jordy Smith (AFR), Tomas Hermes (BRA), Miguel Pupo (BRA)

3.a: Owen Wright (AUS), Wade Carmichael (AUS), Wiggolly Dantas (BRA)

4.a: John John Florence (HAV), Joan Duru (FRA), Mikey Wright (AUS)

5.a: Gabriel Medina (BRA), Jessé Mendes (BRA), Alejo Muniz (BRA)

6.a: Julian Wilson (AUS), Patrick Gudauskas (EUA), Deivid Silva (BRA)

7.a: Italo Ferreira (BRA), Connor O´Leary (AUS), Keanu Asing (HAV)

8.a: Adriano de Souza (BRA), Griffin Colapinto (EUA), Michael February (AFR)

9.a: Michel Bourez (TAH), Conner Coffin (EUA), Yago Dora (BRA)

10: Adrian Buchan (AUS), Sebastian Zietz (HAV), Ezekiel Lau (HAV)

11: Matt Wilkinson (AUS), Jeremy Flores (FRA), Willian Cardoso (BRA)

12: Kolohe Andino (EUA), Frederico Morais (PRT), Michael Rodrigues (BRA)

Comentários