Raoni Monteiro agora também é treinador de Diego de Souza, de 8 anos

“Quanto estou na água com essa molecada tento voltar para a minha época e passar isso pra eles. Isso é o mais maneiro!”


Não é de hoje que sabemos que o ídolo do Surf Raoni Monteiro @raonimonteirooficial também é técnico. O ex-top da elite segue participando das etapas do Circuito Mundial QS em busca de um retorno ao CT, a primeira divisão do esporte, mas além disso está passando suas experiências para surfistas da nova geração, e o último a entrar para o time foi Diego de Souza @diegodesouzasurf, de 8 anos.

Raoni e Diego na Barrinha, Saquarema. Foto: arquivo pessoal.

Raoni e Diego na Barrinha, Saquarema. Foto: arquivo pessoal.



Diego começou a surfar com 6 anos e o amor pelo esporte cresce a cada dia. Em 2017 ele começou a competir e já conquistou excelentes resultados: campeão Niteroiense (Pré-Petit e Petit), vice Cabofriense (Pré-Petit), vice no circuito do Recreio Surf Club (Pré-Petit) e terceiro no circuito estadual (Pré-Petit). Em 2018 ele já venceu um evento, a primeira etapa do circuito Cabofriense (Petit).

Um dos motivos dele ter ficado ainda mais amarradão no Surf foi ter em sua cidade a etapa do CT. Ano passado ele não conhecia nenhum atleta, mas se envolveu tanto que conheceu todos e ficou muito amarradão. Agora em 2018 ele ficou numa grande expectativa para curtir novamente aquela vibe do nosso esporte, e esteve novamente com um de seus ídolos, o australiano Adrian Buchan.

O outro ídolo de Diego é Raoni Monteiro. “O Diego é filho de um grande amigo meu, enxerguei uma vontade grande dele em dar chance do filho crescer no esporte e resolvi ajudar. Mas o que realmente importa é o Diego gostar, pois ele ainda é muito novo, mas se continuar no esporte tem chance de até seguir uma carreira profissional, porém é cedo pra falar aonde ele pode chegar”, disse Raoni.

“Nossos primeiros treinos foram na Barrinha. O mar estava com ondas um pouco maiores, mas a gente pegou umas esquerdas e ele teve um desempenho legal. Ele consegue remar, mas ainda não consegue ficar em pé na prancha com velocidade. Mas isso faz parte dos detalhes que nós vamos aperfeiçoar. O importante é que ele saiu amarradão dos treinos”, completou Raoni. Segundo o pai, Saulo, Diego ficou tão feliz que agora só quer surfar com o Raoni.

Alani, Raoni e Diego. Foto: arquivo pessoal.

Alani, Raoni e Diego. Foto: arquivo pessoal.



O ídolo do surf também comentou o que viu no surf do surfista da nova geração. “O ponto forte é que ele escuta o que a gente fala e já tem a noção de com entrar na agua, sair e dar a volta e entrar novamente. E o que tem que melhorar é pegar mais onda, conseguir entrar na onda, olhar a onda e ficar um pouco mais calmo, remar e saber que não vai se cair não vai se afogar. É aquela coisa natural da criança, sentir um pouco de medo, mas com um tempo ele vai melhorando e ganhando confiança”.

A chance que o Diego está tendo, outros surfistas que estão fazendo bonito no Circuito Profissional também tiveram. “Eu venho fazendo esse trabalho com a molecada, ajudando-os a aperfeiçoar no surf, passar minha experiência. Eu já fiz um trabalho com o João (Chianca Chumbinho) e com o Daniel (Templar). Esse é um trabalho de base aqui em Saquarema, pra aperfeiçoar a molecada nas competições, para eles saberem o que fazer dentro d’água. São aquelas coisas básicas que tem que saber nas competições”, comentou Raoni Monteiro.

“É bom esse trabalho pois me faz relembrar a minha época de amador. Quanto estou na água com essa molecada tento voltar para a minha época e passar isso pra eles. Isso é o mais maneiro! Parece que você volta no tempo, revive aquela época de surfista amador, de iniciante, de grommet e isso é bem legal”, finaliza Raoni Monteiro que também treina a nova surfista Alani.

Comentários