Surfe Adaptado: Brasil manda bem no Mundial

Os brasileiros mandaram bem no "Isa World Para Surfing", Mundial de Surfe Adaptado, realizado no último final de semana ( 11 e 12/12) na Praia de Pismo, Califórnia.


 

Figue Diel - Foto: divulgação ISA

Os brasileiros mandaram bem no "Isa World Para Surfing", Mundial de Surfe Adaptado, realizado no último final de semana ( 11 e 12/12) na Praia de Pismo, Califórnia. Os principais destaques ficaram por conta de Elias "Figue" Diel, Mike Richard, Alcino Neto e Filipe Kizu, todos campeões mundiais em suas categorias.

Figue Diel foi o campeão da categoria "Vl 1, já Mike venceu na "Stand 1", já Alcino foi o campeão da "Stand 3". Filipe Kizu levou a melhor na "Open sit".

Alcino Neto - Foto: divulgação ISA

Figue agradeceu o apoio de familiares, amigos e também os patrocinadores que permitiram que ele pudesse participar da competição. Além da atual temporada, disputou o torneio em 2016, 2017, 2018 e 2020 e terminou na segunda colocação três vezes.

"Tem sido gratificante compartilhar este momento com a família, os amigos e todos que estavam na torcida. Agradeço aos patrocinadores que acreditam no surf como potencial transformador de vida", comemorou o surfista que é local do Balneário Camboriú (SC).

Felipe Kizu Lima - Foto: divulgação ISA

Figue deixou a prancha de lado as 16 anos, quando ficou cego em um acidente de carro. Ele procurou outras modalidades e voltou a surfar mesmo sem a visão 17 anos depois por incentivo de amigos.

Na disputa por equipes os Estados Unidos venceram com 12822 pontos, seguido pela Espanha com 10075. Na sequência, em terceiro, veio o Brasil com 8970, seguido pela Costa Rica ( 8282) e Estados Unidos ( 6653);

RESULTADOS:

Elias Figue Diel (Brasil)– 14,07
Kirk Watson (Austrália) – 12,7
Ben Neumann (Alemanha) – 9,74
Aitor Francescena (Espanha) – 8,5

Comentários