Theo Fresia com saldo positivo no QS

Conhecer o circuito e adquirir experiência foram algumas metas alcançadas


As dificuldades foram grandes, assim como os muitos desafios, mas o jovem e promissor surfista brasileiro, Theo Fresia, em um ano como profissional conseguiu dar bons passos no QS, o circuito de acesso a elite do surf. Ele saiu do zero e, agora, após a perna europeia, já aparece entre os 200 melhores do mundo, um grande feito para um competidor de 19 anos que está viajando com recursos próprios conquistados com muito suor.

Theo Fresia competindo na Europa. Foto: WSL.

Theo Fresia competindo na Europa. Foto: WSL.



Theo, natural do estado do Rio de Janeiro, atingiu a meta estipulada, que foi conhecer o circuito e entender como pensam os árbitros. Outra meta é terminar 2018 entre os 200 melhores do QS. Fresia subiu mais de 600 posições no ranking desde que se profissionalizou.

Neste ano ainda vão rolar algumas etapas no Brasil, e o atleta competirá na Bahia, no QS1000 em Itacaré, na Praia da Tiririca, nos dias 18 ao dia 21 de outubro; e o seu segundo evento aqui vai ser o QS3000 de Maresias, praia paulista localizada na cidade de São Sebastião, que acontece entre 31 de outubro e 5 de novembro.

Theo Fresia. Foto: WSL.

Theo Fresia. Foto: WSL.



A meta é se firmar ainda mais no circuito, aprender ao máximo e ir subindo no ranking para atingir o sonhado CT, a primeira divisão do surf mundial. No seu primeiro ano como profissional e competindo no circuito o saldo é positivo.

Comentários