Tubarão em Margaret River - Medina e Ítalo criticam a WSL

Críticas surgiram após dois ataques ocorridos próximos ao local da etapa


A prancha do dinamarquês que foi atacado. Frame.

A prancha do dinamarquês que foi atacado. Frame.

Dois ataques de tubarão chamaram a atenção do mundo para o CT de Margaret River, Austrália. Os dois aconteceram nesta segunda-feira e foram próximos ao local onde as disputas são realizadas.

O argentino que vive em Margaret River, Alejandro Travaglini, de 37 anos, foi mordido nas pernas e levado para um hospital de helicóptero. O surfista passou por uma cirurgia e seu estado é estável. O outro atacado foi um dinamarquês de 41 anos que sofreu um corte profundo na coxa. Apesar do ferimento ele passa bem.

Após esses ataques os brasileiros da elite Gabriel Medina e Ítalo Ferreira publicaram em suas mídias sociais críticas a WSL por realizar eventos em lugares de alto risco devido a presença constante de tubarões.

“Hoje tiveram dois ataques de tubarão numa praia próxima a que estamos competindo. Eu não me sinto seguro treinando e competindo nesse tipo de lugar, qualquer hora pode acontecer alguma coisa com um de nós. Espero que não. Deixando minha opnião antes que seja tarde!”, escreveu Gabriel Medina.

“Dois ataques de tubarão em menos de 24h aqui na Austrália, detalhe, apenas alguns Km de onde está sendo realizado o evento. Muito perigoso não acham? E, mesmo assim, continuam insistindo em fazer etapas onde o risco de ter esse tipo de acidente é 90% aí eu pergunto: a segurança dos atletas não é prioridade? Já tivemos vários alertas. Fica o questionamento: dinheiro e o entretenimento de uma ‘VISITA’ inusitada de um tubarão valem mais que uma vida? Espero que isso não aconteça com nenhum de nós. Eu não me sinto confortável treinando e competindo em lugares assim!”, publicou Ítalo Ferreira, atual líder do CT.

Nesta segunda-feira apenas as meninas competiram. Durante a realização do round 2 a prova foi paralisada por causa dos ataques, mas logo depois a WSL recomeçou o vento.

Comentários