Vídeo - The Four Moors: uma jornada através da Sardenha

Uma inesperada viagem à costa do Mediterrâneo em busca de ondas



Quando pensamos na Ítalia, que acredito ser um destino pouco desejado para os surfistas, logo nos vem a cabeça a história do lugar, sua arquitetura, castelos, vinhos, culinária, italianas, Roma, Veneza, Máfia...

Definitivamente o surf não aparece na lista de coisas a fazer na terra de Leonardo Fioravanti.


Cipolla, Pipeline, Itália. Foto: deepdisco

Mas o fato é que, sim, existe surf na Ítalia, e pode ser bem interessante, sabendo para onde ir e quando ir.

A costa oeste da Sicília é talvez o melhor lugar para encontrar boas ondas, especialmente entre novembro e dezembro, durante o inverno europeu.


Banzai, Santa Marinella, Itália. Foto: Capannini

Bom, ninguém disse que é fácil surfar por lá. Além de ter que saber exatemente como estão as condições, você ainda deve se preparar para o rigoroso frio e a condições climáticas nada convidativas para uma remada.

A cultura surf italiana já existe há décadas, mas foi com a ascensão de Fioravanti ao CT, que o surf italiano ficou mais conhecido.

No documentário acima, você pode acompanhar divertidas sessions em inusitadas e paradisíacas praias ao longo da costa do Mediterrâneo, na Sardenha, estrelado por Marlon Lipke, Gony Zubizarreta e amigos.

 

Comentários