De Olho no Tour #82 - Goofies não brilham e William quebra a banca em Uluwatu

A vitória do estreante na elite e a fraca participação dos goofies são os temas principais do novo episódio



Só dá Brasil no circuito da elite do surf em 2018. Pela quarta vez em cinco etapas um atleta tupiniquim levou a melhor e ficou com o troféu de campeão. A vitória do atleta de base regular, estreante no CT, Willian Cardoso deixou os brasileiros empolgados.

Porém de outro lado os goofies, surfistas que colocam o pé direito na frente da prancha, não se deram bem nessa que pode ter sido a única etapa do ano a ser disputada em esquerdas de performance, não só de tubos.

Esses são apenas dois dos muitos assuntos abordados pelos especialistas Marcelo Andrade e Marcelo Boscoli no episódio #82 do programa De Olho no Tour. Johanne merecia a vitória sobre a brasileira Tatiana Weston-Webb? Como foi o julgamento? Quem é o brasileiro que vai dar dura no líder Julian Wilson? O australiano vai segurar a pressão de ter quatro brasucas na cola? Por que Ítalo e Medina não foram bem?

A apresentação é do jornalista Carlos Matias.

Confira:

Imagens
Carlos Matias, Marcelo Dada Filmes, WSL e reprodução Instagram

Edição
Carlos Matias

Música
Watch it Glow - Silent Partner

Apoio de mídia
Ricosurf

* Carlos Matias é Jornalista Profissional e Editor de Jornalismo do site Ricosurf.Globo.com com dezenas de coberturas de etapas do mundial no Brasil e no Hawaii. Matias foi Produtor Executivo na Rádio Globo, produziu dezenas de eventos culturais e esportivos e foi Assessor de Imprensa em várias empresas e instituições como a Ponte Rio-Niterói, o Instituto de Previdência do Estado do Rio de Janeiro e a Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

* Marcelo Andrade tem 39 anos de experiência no surf, seja como competidor, técnico, Presidente e Diretor de associações, empresário, dono de surfshop, produtor de tv, comentarista de transmissões ao vivo e colaborador de veículos de comunicação. Marcelo Andrade escreve e dirige o blog Surf 100 Comentários.

* Marcelo Boscoli, surfista há 43 anos, foi atleta profissional nos anos 80 e venceu várias competições no Brasil. Foi um dos primeiros brasileiros a participar de etapas do circuito mundial profissional e competiu na Austrália, África do Sul, Europa, Hawaii e aqui no Brasil. Como Master foi campeão dos Circuitos da Prainha-RJ e Arpoador (bicampeão) e ficou em sétimo lugar no mundial da categoria em Porto Rico. Marcelo Boscoli também já foi comentarista oficial da WSL em algumas etapas do Circuito Mundial.

Comentários